AmizadeColunistas

A importância da amizade quando se perde um amor…

Se você já perdeu um amor e chorou no ombro de um amigo (a)? Então, esse texto é pra você!



Quando perdemos um amor ficamos fragilizados e tristes e, quase sempre, queremos desabafar com alguém, contar o que seu parceiro (a) fez a você, confessar algum sentimento de culpa, falar mal, chorar, pedir algum conselho ou, simplesmente, lamentar-se pelo término. Enfim… Queremos meramente colocar toda a tristeza para fora, na tentativa de amenizar a dor.

Essa vontade de conversar é completamente normal, todos agimos assim, é aí que entra o poder de se ter um amigo (a).

Os verdadeiros amigos são como irmãos, são presentes que a vida nos dá e é sempre a eles que recorremos quando nos sentimos angustiados e precisando de conselhos ou de uma simples conversa.


A amizade e o apoio que encontramos em alguém pode ser uma arma poderosa para enfrentarmos um término de relacionamento, e principalmente naqueles momentos em que estamos enfraquecidos. Um amigo (a) pode ser seu confidente e escutar tudo o que tem a dizer, pode ser um conselheiro e fazer com que você reflita sobre a situação ou apenas aquela pessoa que vai fazer você rir nos momentos de dor, vai te ajudar a se distrair, vai passear com você e levá-lo ao cinema para que você possa espairecer, ou seja, um amigo pode ser inconscientemente um terapeuta.

Uma amizade verdadeira, sincera e desinteressada além de prevenir o sentimento de solidão pode nos encorajar nas mais variadas situações, ajudando-nos a seguir em frente.

Os amigos de verdade fazem com que nos sintamos envoltos e acompanhados, dando aquela sensação de que você é capaz de enfrentar todas as dificuldades encontradas na vida, principalmente nos casos de fim de relacionamento, quando estamos com uma sensação de vazio, com coração “pesado” e “mergulhado” em dor.


Poder contar com um amigo de confiança nos piores momentos da vida faz bem ao coração, a autoestima, pois eles conhecem nossos pontos fortes e principalmente nossas falhas e, mesmo assim, ficam ao nosso lado.

Perder um amor é muito doloroso, todos sabemos disso, é algo que pode perdurar por meses ou anos em nossas vidas, pode atingir diretamente nossa autoestima e ser acolhido por alguém, neste caso um amigo, nos dá força para seguir adiante sem a pessoa amada.

Como diz a velha frase que não nos deixa mentir: “que tem um amigo, tem tudo!”.


 

___________

Direitos autorais da imagem de capa: wavebreakmediamicro / 123RF Imagens


O amor não pode e nem deve ser qualquer coisa, com qualquer um e de qualquer jeito!

Artigo Anterior

Resiliência psicológica: “reconhece a queda e não desanima. Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima!”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.