Intestino, coração e cérebro: equilibre seus três cérebros e transforme sua vida!

4min. de leitura

Sim, suas crenças limitantes podem desregular o intestino, o coração e o cérebro, por isso desestressar é a chave para nossa saúde mental e física.



Se você tem muito cansaço, não consegue terminar o que começa, venha comigo, que os responsáveis por isso, o cérebro, o intestino e o coração, precisam de alguns cuidados específicos.

Agora fica mais fácil ter alta produtividade, saúde e bem-estar, pois temos três cérebros para cuidar e construir uma “força-tarefa” para o nosso organismo entrar em melhoria contínua. Sim, os neurônios estão no intestino, no coração e no cérebro!

Cada vez mais a ciência comprova que nossa saúde mental, nosso estado de ânimo, nossa imunidade são diretamente ligados a esses três cérebros e que eles são atingidos pelo nível de stress na nossa vida.


Como reagimos aos acontecimentos e como mudamos – ou não – nossas crenças são os dois grandes segredos para mantê-los regulados. Sim, suas crenças limitantes podem desregular o intestino, o coração e o cérebro, por isso desestressar é a chave para nossa saúde mental e física.

Talvez você não saiba, mas a maior parte da serotonina do corpo, mais ou menos 90%, é encontrada no intestino. Sim, por isso a gente, por vezes, literalmente, “se caga de medo”.

Veja aqui, de forma simples e rapidinha, o que faz a serotonina e como podemos ativá-la naturalmente:

Um dos nossos cérebros, o intestino, está diretamente ligado à nossa saúde. Não se esqueça de que, quanto mais saúde intestinal, mais saúde mental. Então, para o intestino, as providências que precisamos tomar são: diversificar a comida e prezar por alimentos mais saudáveis (sua alimentação influencia seus pensamentos e sentimentos), cuidar do sono, trocar reações que carreguem as emoções negativas, como raiva e medo, por emoções positivas, como alegria, amor, gratidão…


Outro cérebro, o coração, é o único órgão do corpo que envia mais informações ao nosso cérebro (da cabeça) do que recebe. Nosso coração tem um campo eletromagnético 5.000 vezes mais forte que o cérebro, e que pode ser medido em um diâmetro de até 3 metros de distância. Esse campo permeia cada célula do nosso corpo.

Sim, o coração sente, pensa e decide. Por isso, a ação imediata para equilibrá-lo é cultivar emoções positivas, que trazem o equilíbrio e satisfação autêntica, mantendo em harmonia a frequência cardíaca.

Mantendo o coração em harmonia, conseguimos garantir nosso equilíbrio emocional.

Estudos realizados pelo Instituto HeartMath comprovaram que a qualidade das nossas emoções altera ou controla o campo eletromagnético gerado pelo coração. Há ainda estudos recentes mostrando que o circuito do cérebro do intestino é o primeiro em tratar a informação, que depois passa pelo cérebro do coração e por último vai para o cérebro da cabeça.

A expectativa é que essas descobertas auxiliem na redução dos transtornos mentais.

Quando as inteligências do intestino, do coração e do cérebro estão em estado de coerência, geramos saúde para todo o nosso organismo.

Siga as dicas e seja mais feliz!

 

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Amor: Aleksandr Davydov/123RF Imagens.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.