Mudança: a nossa única certeza!

5min. de leitura

 Quem nunca ouviu dizer que a única certeza que temos é a morte? Mas o que seria a morte, senão a maior mudança que ocorrerá na vida de todos nós? Independente da crença ou fé de cada um, não há como negar o fato de que todos mudaremos quando partirmos dessa vida, e ninguém sabe quando, como e pra onde. A certeza, portanto, que temos desde quando nascemos e nos entendemos por gente, é a de que mudanças ocorrerão a todo tempo em nossa vida.



Se a mudança é a nossa única certeza, porque temê-la? Se a vida vem em ondas como o mar, como disse Lulu, não adianta fugir nem mentir pra si mesmo.  Somos feitos pra mudar, e são as mudanças que nos fazem evoluir. Se não fossem as mudanças, não seríamos o homosapiens de hoje. Mudança é renovação, é recomeço, é movimento, é aprendizado e evolução.

São as mudanças que nos estimulam a buscar novas soluções, a aprender novos significados, a conhecer novas pessoas e a nos adaptar aos novos ambientes. A mudança gera a energia vital necessária à nossa sobrevivência.

o-pedaco-de-mim-que-foi-embora


Sendo assim, não faz o menor sentido querer economizar essa energia vital tentando evitar as mudanças ou correndo atrás de estabilidade e conforto, que são efêmeros. Mudanças virão, queiramos ou não! E sabe o que mais? Por mais que tentemos, nunca estaremos preparados para todas elas. Principalmente para as maiores mudanças da vida de todos nós, as perdas.

Se a morte é a maior mudança, é porque ela é a nossa maior perda. É o fim do nosso maior bem na face da terra. Mas antes dela, quase todos nós vivenciaremos a perda de pessoas próximas. Muito mais frequentes serão as perdas de coisas que achávamos que eram nossas. Mudanças ruins? Não necessariamente. A preparação para todas estas perdas é, antes de tudo,  aceitá-las antes mesmo que aconteçam, como parte da vida, procurando não transformá-las em sofrimento.

Melhor ainda, se sabemos que vamos perder, é porque não temos e nunca tivemos. Pensar assim nos deixa leves para  viver cada dia como se fosse o primeiro e o último, aproveitando todos os momentos com a troca de emoções positivas com as pessoas e coisas que sabemos que são passageiras. Construindo relações duradouras e positivas. Se eliminarmos o apego eliminaremos o sofrimento da perda e todos os sentimentos que trazem energias negativas agregadas. Viver o agora, sempre com alegria, esse é o desafio! Um pouco que conseguirmos a cada dia nos fará fortes e livres para enfrentar com naturalidade as mudanças não programadas na nossa vida.


E mais, se as mudanças são certas e inesperadas, porque não criarmos nós as mudanças em nossas vidas? A mudança provocada por nós extrai a energia vital que nos leva à adaptação, ao aprendizado e à evolução. É por meio destas mudanças forçadas que aprendemos a lidar com as não programadas.

Então vamos mudar todos os dias? Começando pelas roupas, pelo caminho da escola ou do trabalho, pelo visual do cabelo. Pequenas e frequentes mudanças nos alimentam de coragem para experimentar outras maiores. Se não está fazendo o que gosta, mude de atividade! Se não está feliz com seu parceiro, algo precisa mudar? De casa, de cidade, de país, e até de sexo! Desde que te faça feliz e faça feliz outras pessoas, mude! Desapegue-se do seu estado atual! Desacorrente-se do medo, jogue fora os preconceitos e as velhas opiniões formadas sobre tudo, e descondicione-se.

ir-embora

Importante saber que todas as mudanças geram dificuldades, e dificuldades são desafios a ser superados e não sofrimentos a serem lamentados. Programe sua mudança, pensando sempre nos impactos dela nos outros, e sabendo que situações inesperadas virão e serão elas que o farão crescer, se adaptar e ser mais feliz!

Nossa única certeza é a mudança, então vamos promovê-las? Mude e o teu mundo mudará!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.