Não deixe que o ressentimento o maltrate!

5min. de leitura

É natural que no decorrer da vida a gente se depare com situações que nos tragam mágoas.

Por veze, neste mundo desigual, nós nos sentimos injustiçados.  Ficamos magoados com as atitudes alheias. Não raramente, nós nos revoltamos por considerar que não fomos merecedores de um tratamento considerado hostil, crítico, invasivo ou humilhante; é quando ficamos suscetíveis ao ressentimento.



Ressentimento é a mágoa da qual não conseguimos nos livrar por algo mau que recebemos, que se instala em nossas almas como cupins no interior de um móvel e o vai destruindo de dentro para fora.

Então, ficamos remoendo nossas mágoas com o coração repleto de rancor. Ficamos presos àquele ato que aconteceu no passado e revivemos o fato como se fosse atual, revivendo toda dor, sofrendo tudo novamente.

O ressentimento pode ser comparado a uma ferida que não se cura e não para de doer.

Existem alguns adágios que não se sabe bem a quem atribuir que dizem: “guardar rancor é como tomar veneno e esperar que o outro morra”, ou ainda “guardar rancor é como segurar um carvão em brasa com a  intenção de atirá-lo em alguém e queimar a si mesmo”.


São afirmações de grande impacto que ficaram em minha memória mais profunda, com os quais, em algum momento da vida, tive a experiência e o aprendizado de entender, literalmente, o seu significado.

Cultivar o ressentimento é infinitamente mais nocivo para aquele que o carrega em seu coração.

Quanto ao alvo de nosso rancor, este também sofrerá prejuízos das nossas emanações negativas, mas o sabor amargo como fel, quem irá experimentar será sempre o ressentido.

No ressentimento nada há de positivo, é uma emoção pesada e desconfortável, que faz sofrer, pois, ao estarmos rancorosos, não somos capazes de sentir tranquilidade, de desejar o bem, ao contrário disso, disseminamos sentimentos densos, pois estamos envolvidos pela raiva, não raramente desejando a vingança como extensão de nosso rancor.


Como seres humanos imperfeitos que somos, nem sempre perdoar é um proceder facilmente praticável. Nossos corações e ego feridos não conseguem elaborar a dor provocada pelas condutas do outro.

Tentamos seguir em frente, cheios de dor e sofrimento e, quando já não aguentarmos, percebemos o tempo que estamos a desperdiçar, cultivando ervas daninha com todo carinho em nosso jardim.

Felizes aqueles que, em algum momento, são capazes de entender o quanto se torna necessário e urgente livrar-se desses sentimentos  que pesam como rochas em suas almas,

Certamente o melhor caminho para livrar-se do rancor, do ódio, do desejo de vingança seria sem dúvida a prática do perdão.

Contudo, ainda somos seres em evolução, sofrendo para aprender com as adversidades da vida e por esta razão, perdoar não é algo que nosso ego arranhado deixe acontecer com facilidade.

Diante de tal dificuldade, façamos uma prece, façamos muitas preces, todos os dias, enquanto estivermos sentindo a dor do ressentimento.

Peçamos humildemente ao Senhor que afaste de nós sentimentos tão amargos, pois ao cultivá-los, estamos nos maltratando.

A prece acalma, a prece balsamiza, a prece cura.

O perdão não surgirá em nós como um passe de mágica, mas aos poucos, dias após dia, ele vai brotando, até tornar-se uma planta viçosa.

Não temos necessariamente que nos reconciliar com quem despertou em nós sentimento tão amargo, mas podemos nos empenhar em virar a página e abandonarmos as ideias de vingança, deixando a questão enterrada no passado.

Precisamos esquecer para alimentar nossa própria felicidade, pois o agressor com certeza está seguindo sua vida e, muitas vezes, nem se lembra da dor que produziu.

Deus saberá nos perdoar por ainda não estarmos prontos para fazer o mesmo, mas percebendo nossa sincera intenção, ele nos acalma os corações, trazendo alento, entendimento, aceitação até que enfim, possamos restabelecer a paz em nossos corações, dissipando e nos libertando de sentimentos  inúteis e cruéis, que tanto nos esmorecem.

Paz e bem!

__________

Direitos autorais da imagem de capa:  mukhina1 / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.