Colunistas

Não é errado esperar por alguém especial, mas não se preocupe, na hora certa, o que é para ser seu será

não é errado

Criar expectativas demasiadas é se sabotar, apesar de crer em um Deus que nos apresenta pessoas especiais e que realiza nossos sonhos.



Você ama os outros ou ama a ideia de amar?

Muitos são aqueles que esperam por alguém que irá “chegar e mudar tudo”, depositam tanta força em quem ainda não chegou e já tem uma enorme responsabilidade nas costas. São aqueles que se esquecem de ser autores da própria história, esperando alguém para escrever em seu livro.

Não é errado esperar por alguém especial, sonhamos com quem iremos compartilhar a nossa vida e aspiramos que essa pessoa nos dê um novo sentido, que faça valer a pena. Contudo, criar expectativas demasiadas é se sabotar, apesar de crer em um Deus que nos apresenta pessoas especiais e que realiza nossos sonhos.


Creio que o período de espera é de preparo. Se queremos “uma pessoa certa”, devemos ser a pessoa certa também, isso é uma construção. Por isso, seja o próprio sonho!

Para começar, uma dose de amor-próprio não faz mal a ninguém; aprender a amar a si mesmo é uma das melhores coisas que você pode fazer, só tome cuidado com o egocentrismo, esse sim é perigoso. É preciso se amar com equilíbrio, essa é uma atitude tão inteligente quanto sadia.

De outro lado, não é possível amar sem conhecer, então invista tempo se conhecendo, mergulhe dentro de si, veja o que pode ser regado, reconstruído e aniquilado. Muitos entram em um relacionamento querendo se encontrar, não sabem quem são e esperam que o outro o entenda. É um fardo que coloca o parceiro em estado de culpa perpétuo, pois ele nunca se achará suficiente.

Outro ponto são as feridas de relacionamentos passados, estas precisam estar cicatrizadas. Isso é como um corte que fez na infância, você vê a cicatriz, mas não dói mais. Seu passado deve ser assim. Lembre-se: feridas abertas atraem urubus!


Amar a ideia de amar é se restringir a ser espectador das grandes histórias de amor na espera pela sua e depositar no outro uma espécie de poder transformador, como se fosse um tipo de salvador, gerando uma pré-dependência que irá ser desmedida no futuro.

Amar é uma via de mão dupla pois, no amor, os defeitos vêm inclusos no pacote. É, muitas vezes, pedir perdão, mesmo quando não está errado, pois a relação tem mais importância do que o ego de vencer uma discussão. É fazer no durante o que fez no início.

Amar a ideia de amar é ficar apenas na arquibancada. Não se restrinja a apenas amar essa ideia, levante-se, realize os seus sonhos, regue o seu jardim, encha-se de pessoas especiais, ame a sua família, dê valor ao que tem.

Quem vier será apenas um complemento, um transbordar, então encha-se do melhor. Na hora certa, o que é para ser seu, será.


 

Que você escolha você mesmo e tudo aquilo que lhe faz bem. Que escolha o amor, a paz, a abundância, a reciprocidade, o amor-próprio

Artigo Anterior

Cuidado ao falar da sua vida, cuidado com pessoas disfarçadas de boas intenções. Respeite seus limites, sua paz, seu coração

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.