publicidade

Não subestime o poder de um abraço!

Um abraço de Bom Natal e Feliz Ano Novo!



Segundo vários estudos científicos, um abraço de, pelo menos, 20 segundos, pode prevenir doenças como o stress, ansiedade e depressão e, ainda, protege o nosso sistema imunológico contra doenças infecciosas.

Na verdade, um abraço liberta um hormônio no nosso organismo designado de oxitocina, popularmente conhecido pelo hormônio do amor que tem como função: promover as contrações musculares uterinas; reduzir o sangramento durante o parto; estimular a libertação do leite materno; desenvolver apego e empatia entre pessoas; produzir parte do prazer e produzir medo do desconhecido.

Apesar de ter tantos benefícios e ser essencial a nossa saúde, a prática de abraçar está cada vez mais esquecida, de modo que já ninguém abraça com tanta frequência e, por vezes, ate nos esquecemos como se abraça.

Já tentou abraçar alguém e não conseguiu porque teve dores nas costas, ou então, não gosta que lhe toquem e sente-se invadido(a) mesmo com pessoas que lhe são de alguma maneira queridas, amigas ou familiares?


Pois não e o único.

Lembro-me que quando era mais jovem, principalmente, durante a adolescência, abraçar amigos queridos era das atividades mais prazerosas que existia, e era imperioso, essencial, uma forma de manifestar o nosso afeto pelos amigos e não consistia, de todo, uma obrigação, mas antes algo natural, inato.


Abraçávamos porque sim, sem motivo, porque tínhamos vontade.

Com a vida adulta parece que temos de nos tornar mais duros e abraçar passa para outro plano, como algo que não e importante, só quando não vemos uma determinada pessoa ha muito tempo e mesmo assim, esses abraços são breves e desconfortáveis.

Mas abraçar será como andar de bicicleta, nunca se esquece.

Não se pode nunca subestimar o poder de um abraço.

Um abraço pode ajudar a acabar com uma crise emocional (Acredite!!). Um abraço pode salvar uma amizade. Um abraço serve para dirimir um conflito ou para fazer as pazes. Um abraço derrete os nossos corações do gelo de nada sentir.

Neste Natal e Ano Novo, permita-se abraçar e ser abraçado.

Abrace amigos e familiares, se eles não quiserem abrace-se a si próprio.

Um forte abraço de Natal e Ano Novo a todos! Sejam felizes!

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.