publicidade

Ninguém consegue fingir ser quem não é por muito tempo. Deus não deixa; as atitudes também não

Todo lobo é sagaz e, por mais que ele tente se vestir de ovelha, seus passos vão sempre deixar os rastros do seu mau caráter.



Seus atos vão sempre revelar a sua má conduta, porém, nem sempre vamos perceber de imediato, às vezes, leva tempo até descobrirmos a verdadeira intenção de uma pessoa em relação a nós.

Isso pode acontecer pela ingenuidade do nosso coração, pelo sentimento, pela confiança que depositamos nela.

Mas, quando o vento sopra forte e o tempo resolve botar as cartas na mesa, o susto é grande, e a dor que sentimos também.

É uma pena que, neste mundo tão grande e tão carente de bons amigos, bons relacionamentos, boas convivências, ainda existam pessoas que sentem prazer na maldade. Pessoas que gostam de enganar, que carregam do lado de fora do peito laços bonitos e, do lado de dentro, ruindade, inveja, ódio, ressentimentos e amarguras velhas.

Todo cuidado é pouco com quem entra e sai da nossa vida e, se quisermos ter paz em nossos caminhos, precisamos aprender a lidar com gente desumana também e discernir com precisão se é lobo ou ovelha que estamos alimentando, se é o joio ou o trigo que estamos regando.


Que Deus nos oriente sempre e nos ensine a manter ao nosso lado apenas gente de bom coração, e de boas intenções também.

 


Publicado originalmente em Cecília Sfalsin.

 

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.