publicidade

O coração não se parte se você for inteiro!

Encha-se de amor, para não depender de ninguém para reabastecê-lo. Encha-se de amor, para dar amor a quem te devolve isso em dobro. Encha-se de amor para amar quem não merece. Sim! Seja nobre e não leve a vida a pau e pedra, você não precisa disso.



Adoce sua alma e não deixe a amargura crescer, não a alimente de mágoas, rancores e afins. Não perca seu tempo planejando vingança, invista seu tempo amando.

Ame sem moderação, mas não condicione sua felicidade, única e exclusivamente ao fato de ter ou não o ‘tal grande amor’.

Mas como controlar, quando de repente, aquela pessoa especial, chega do nada e se instala em sua vida? Você vive feliz e tranquilamente até, essa “tal” pessoa aparecer. E à partir do momento, em que a encontra, é como se precisasse dela, para continuar a viver.

Por esse motivo, muitas pessoas levam anos, para se curar de um ‘desilusão amorosa’. E o que, eu, você, ele, ela, enfim, nós, não entendemos, é que somos os únicos responsáveis e donos do nosso destino. Entregue-se às dores e delícias de um amor, uma paixão, um lance, ou seja lá o nome que você queira dar aos seus sentimentos. Mas não se torne dependente da outra pessoa!


Proteja-se e se ame sim, mas seja também capaz de viver o momento, de se jogar, de mergulhar de corpo, alma e coração. Mas e se por acaso, não der certo? E se eu me jogar e cair? Aí você levanta, sacode a poeira, e mesmo com o coraçãozinho ferido, continua sua caminhada, consciente, de que a vida tem lá seus altos e baixos.

Momentos felizes e tristes, decepções, tristezas, alegrias e conquistas, tudo isso faz parte do script da vida, onde temos a chance de nos reinventar quando acharmos propício. Não importa o que aconteça, existe sempre um outro dia, um outro sorriso, uma nova chance de fazer e ser diferente.


O amor é isso, eternidade em segundos, sussurros que arrepiam a alma, abraços que trazem calma. Felicidade que nos devolve a paz.

Seu coração é inteiro, e o que pode se partir são os sentimentos. Sentimentos são expressões do nosso ser, do nosso espírito, são reflexos de tudo aquilo que somos. Sentimentos podem ser restaurados, e o nosso coração é que promove a cura, nosso coração é o nosso guia e ele só para quando a eternidade nos convida a partir. Então, não, ninguém parte o seu coração, ninguém é digno disso.

Tenha ao seu lado, pessoas que vão cuidar e acariciar seu coração com a calma da alma.
Se não for assim, não é amor, e se não for amor, eu deixo ir.

Vai, pode ir, eu só sei ser inteira, eu só sei transbordar, eu só vou aceitar o que vem para ficar.

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.