4min. de leitura

O corpo fala: imprima coragem e sucesso na sua postura e veja os resultados diferentes!

Quando vemos pessoas arqueadas para a frente, como se carregassem o mundo nas costas, automaticamente associamos à depressão, tristeza, desesperança.

Quando passamos por pessoas cabisbaixas, olhando fixamente para o chão, com a pele sem brilho, pensamos logo na intensidade da dor emocional daquela pessoa.Isso só acontece quando vivemos o presente e percebemos realmente o que está acontecendo ao nosso redor, é claro!


Quando vivemos no piloto automático, quando nos deixamos levar pela correria do dia, pelas redes sociais, pela negatividade, isso não acontece.

Se você parar por algumas horas e prestar atenção ao seu redor, vai ver um grande número de pessoas com a postura corporal que expressa cansaço, desmotivação, falta de energia, tristeza, sentimentos de não pertencimento.

Espero que não seja o seu caso! Mas se for, ou se conhecer alguém assim, saiba que podemos também, ao contrário, “imprimir” posturas corporais que nos levem a superar a intensidade das emoções negativas, como medo, raiva, ansiedade, preocupação.


Vamos aprender a nos prevenir de situações de estresse, que trazem toxinas para nosso cérebro, para nosso organismo. As emoções deixam marcas no nosso corpo, mas podemos “fazer marcas” para mudar essa realidade. Podemos prevenir e consertar o que já foi feito.

Vamos aprender como utilizar a linguagem corporal em nosso benefício?

Exercícios e posturas simples, rápidas e extremamente eficazes! Tudo comprovado cientificamente através de experimentos realizados em Harvard, pelos profissionais da saúde da felicidade, entre muitos outros.


Quer mais uma dica simples? Está triste, sem vontade de nada? Coloque uma caneta na boca, segurando com os dentes e fique dois minutos. O cérebro começa a liberar o quarteto da felicidade e começamos a nos sentir melhor.

O mais fantástico é que 2 minutos são suficientes, então não temos desculpas do tipo: não tenho tempo, é difícil.

Não deixe autossabotadores o impedirem de tentar esses artifícios para “enganar” nosso cérebro quando estivermos sem energia ou tristes.

Use e abuse desses exercícios que viu no vídeo acima, seja na sua vida pessoal ou profissional, e perceba os resultados. Garanto que você se surpreenderá e viverá muito mais tranquilo e alegre.

Mas não esqueça de que isso não muda comportamentos de forma definitiva. São ferramentas que a gente precisa ter para utilizar em certas situações. De preferência, devem ser usadas preventivamente, de forma diária e, a partir daí, o nosso organismo realmente incorpora como novo hábito, nova vivência, nova forma de ser.

Vamos mudar a postura e aproveitar os resultados novos?


Direitos autorais da imagem de capa: Snow White from Pexels




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.