ColunistasComportamento

O mal da impaciência…

Nós seres humanos já somos impacientes por natureza. Isso é típico.



Mas, tendo isso, você não imagina o quanto só atrasa mais sua vida, e pior, só te faz ter pensamentos e sentimentos ruins e frustrantes. E de acordo com a lei da atração, isso é totalmente, enormemente, prejudicial para sua vida e seu bem-estar mental e sentimental.

Sei que é difícil ter fé e esperanças, quando você já está cansado demais esperando uma coisa que parece que nunca acontece. Parece que nunca dá certo pra você, principalmente, quando você conhece pessoas que tem tanta facilidade em conseguir o que tanto é difícil pra você.

Quando nos sentimos impacientes e cansados, isso nos desanima, e nos faz ficar com raiva e frustrados.


Consequentemente, vem pensamentos negativos e falta de fé. Mas acredite em mim, essa espera não é à toa. E você não é o único passando por isso. Tudo que é importante na nossa vida não acontece de uma hora para outra. Sei que quando já se está no limite, isso é difícil. Mas não desanime. Você está mais próximo de conseguir o que quer do que imagina.

Basta esperar e ter fé. Deus sempre prepara um plano maior pra nós, aqueles que vai nos trazer a felicidade que jamais imaginamos ter. Confie.

Hoje eu presenciei um momento que me fez refletir muito. Estava na fila de uma padaria esperando minha vez de ser atendida. Estava com tanta cara de tédio quando as outras pessoas á minha frente.


Na minha frente, estava uma criança, de uns 10 anos mais ou menos, e sua mãe.

E a criança em questão estava agitada, impaciente. Dizendo “Mãe, quero ir embora, a fila está cheia, não quero esperar”.

Em seguida me veio a resposta que eu precisava ouvir, e espero que a criança tenha levado em conta, porque como todas as mães, o conselho dela foi precioso. Ela disse:


“Meu filho, não adianta se desesperar, não adianta gritar, chorar ou berrar, na vida, temos que sempre esperar, tudo está no tempo de Deus, espere e sossegue’’. Dito isso, o menino não sossegou, como vocês já devem ter imaginado, mas foi o suficiente pra mim. EU SOSSEGUEI, eu me acalmei.

Acredito que nada é por acaso, e ouvir aquilo, foi como se Deus mandasse um recado pra mim pela mulher estranha parada com o filho a minha frente.

Eu agradeço por ter ouvido esse recado, porque assim como o garoto, eu estava tão agitada e impaciente quanto ele.


Hoje, nesse exato momento, já tenho mais fé e esperança, já cheguei até aqui, já venci e perdi batalhas, e hoje me orgulho de ser uma mulher forte. Sei que minha batalha não acaba aqui, e é por isso, que eu vou continuar sim, ainda tem muita coisa pra acontecer, se desesperar não vai adiantar nada.

Espero ter ajudado alguém que esteve ou está no mesmo problema que eu estava.

Confie, não desista.


Beijo De Luz pra vocês.

Nós mulheres, honramos a nossa condição de mulher dia após dia, todos os dias!

Artigo Anterior

O que fazer com esse vazio que te preenche?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.