3min. de leitura

O mundo está cheio de gente que só vê no outro a capacidade de errar

Gente que vem sempre com opinião contrária que, muitas vezes, nem sequer entende a legenda, que chega e já “quer se sentar na janelinha”, querendo se apossar do que nem é seu.



É tanta gente certinha, tanta gente isenta de culpa, gente que sabe de tudo e que só vê no outro a capacidade de errar. Gente que critica, que fala do outro, que não se coloca no lugar de ninguém.

Gente que vem sempre com opinião contrária que, muitas vezes, nem sequer entende a legenda, que chega e já “quer se sentar na janelinha”, querendo se apossar do que nem é seu.

O mundo está cheio de pessoas que se acham tanta coisa, e mal conseguem se sustentar por dentro. O foco principal é atacar, é se intrometer, é não ajudar, é bisbilhotar e estar sempre pronto a ofender.


Fico imaginando que todas essas pessoas devem se sentir o suprassumo da sabedoria, da inteligência, devem achar que sempre estão certas, que somente elas têm a voz da verdade e da razão.

O “amém”, muitas vezes, sai da boca pra fora, o perdão é coisa de quem é fraco e resiliência é palavra fora de moda.

É o que vejo: gente sem escrúpulo, gente que detona, gente que sempre está pronta a oferecer críticas destrutivas em vez de se elevar espiritualmente, emocionalmente. Gente indisposta a se engajar no auxílio ao próximo, a se colocar com empatia, a prestar solidariedade e ativar o humanismo.

São pessoas dentro do seu mundinho cheio de amargura e confusão mental. Tudo o que fazem é certo, tudo o que dizem é correto. A maioria está pronta a apontar o dedo, mas não enxerga os próprios defeitos.


É o que vemos.

É muita gente dizendo e pouco se importando. Gente que dorme em cima da própria arrogância, achando que tem a consciência tranquila.

Chega a ser lamentável a falta de sincronicidade humana, a falta de respeito e consideração.

Que Deus nos ajude, que Ele nos proteja, que Ele nos traga para o eixo, para o caminho da verdade e não das sandices alheias.

Uma grande parte já está adoecida moralmente, internamente, espiritualmente, parece que vivemos em tempos de juízo final.

 

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Amor: teolazarev/123RF Imagens.

Você sabia que O Amor está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.