O que ficou para trás, ficou. Renovei o espírito, abri outra porta, fiz uma prece e me libertei.

4min. de leitura

É um novo ano. Para trás tudo ficou. Já foi. A onda levou, Deus me abençoou como quem me toca e me refaz.

Renovei o espírito, abri outra porta, acendi incenso, fiz uma prece e me libertei.



É um novo ano. Que seja com mais alegria, mais progresso mais evolução, mais amor que brota e completa, mais querência, mais obrigado, mais por favor e mais perdão.

Que venha com mais troca, mais entrega, menos culpa. Que seja para respeitar as diferenças e as escolhas de cada um.

Que venha para reabastecer o coração e tudo que é preciso para um tempo menos pesado e nebuloso.


Chega de tristeza, chega de querer saber de quem é a razão.

Quem sou eu para querer me justificar pelos outros, quem sou eu pra querer lutar com o que se julga sempre vencedor.

Deus é soberano; é minha filosofia. Quero luz em dobro, quero agradecer. O resto tentarei dar conta, sem precisar prestar contas da minha própria vida.


É um novo ano. Que seja o possível e, quem sabe, o impossível.

Já me sinto grandiosamente abençoada por poder compartilhar o que aprendi, desejando, de verdade, muito amor a todos que, assim como eu, entendem o significado de uma boa existência.

Somos almas que se encontram, reencontram. Almas que se destinam ao que foi escrito por Ele.

É preciso alguns ajustes e levar consigo aquilo que merece prosseguir no íntimo.

É assim que eu elimino os pesos, os excessos e reciclo o convívio com os dias.

Às vezes, eu sou um tremor realinhando as esferas espirituais, atentando-me mais ao que esse lado me pede junto da minha oração e vigília.

É um novo ano. Estou aberta a novas oportunidades. Viver reclamando, criticando, ofendendo ou desdenhando, em nada vai melhorar meus dias.

Agora mesmo estou tentando não pensar negativo, estou expondo minhas fragilidades a quem me vê de alma desnuda. A quem me orienta em nome do bem.

Estou emanando vibrações a todos que precisam de auxílio, aos inimigos, aos adoecidos de alma e coração. Aos que precisam de consolo e fortalecimento. A todos aqueles que eu amo e quero muito bem.

Não sou perfeita; ainda preciso melhorar muito em mim. Mas estou me esforçando, aprendendo algumas regras de boa convivência, sem permitir que adentrem minha zona de conforto e mexam naquilo que ainda precisa ser cuidado com mais atenção.

Estou me reciclando abrindo os poros e aceitando verdades, inteirezas, aceitando coisas simples, que simplifiquem o momento dando uma dimensão maior a tudo que posso sentir com alegria interior.

É um novo ano.  Que tudo que for ultrapassado e gasto fique no passado. Que fique bem longe dos olhos e do coração.

____________

Direitos autorais da imagem de capa licenciado pelo site O Segredo: pablocalvog / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.