3min. de leitura

O seu sofrimento é sua responsabilidade!

Qual é a sua responsabilidade pelo que tem sentido, pelo que tem sofrido, pela dor que tem carregado há tempos?

Nenhuma? Pois eu te digo que tem total responsabilidade pelo que tem sentido. Eu sei que parece forte, mas é a realidade.



O que fazem contra nós muitas vezes está além do nosso poder, por isso a dor é obrigatória, mas o sofrimento, esse sim é opcional.

É você quem dá significado a cada situação desafiadora.

É você quem escolhe se vitimizar perante a vida e culpar o mundo pelo que vem passando. É você quem se olha com dó e pena. É você quem se sente injustiçado.


Entenda que é você quem desenvolve os sentimentos e emoções dentro de si, ninguém tem esse poder e se escolhe se doer pelo que vem de fora, tem optado por isso, por mais que seja difícil de aceitar.

As situações desafiadoras por quais você passa não são infortúnios exclusivamente seus, todos nós já passamos, ou se não, alguns estão passando ou ainda vão passar. A chave de tudo é não ir contra, é não resistir porque assim você gera sofrimento.

Jung já dizia, o que você resiste, persiste, então acolha, aceite e foque em solucionar e ressignificar o que tem te trazido dor.


Toda e qualquer cura emocional parte de dentro de você. Se não te pediram perdão, perdoe mesmo assim.

Perdoe por amor a você e se liberte desse fardo. Se não reconheceram o seu esforço, reconheça você afinal quem cria a expectativa é você e ninguém consegue enxergar pelos seus olhos aquilo que você espera como reconhecimento.

Se não tem encontrado amor, se dê amor. Seja gentil consigo mesmo, se ame, se acolha e se perdoe.

Você é a pessoa mais importante do seu mundo por isso não espere que te deem amor, felicidade, compreensão. Faça VOCÊ tudo isso por VOCÊ.

Você sabia que O Amor está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.



Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.