Oi, novo alguém…

3min. de leitura

Oi, novo alguém! Confesso que estou esperando ansiosamente a sua chegada, conto os dias, as horas, na expectativa de vê-lo de perto e saber tudo sobre você.

Fecho meus olhos e tento imaginar como você é, ou como eu gostaria que você fosse, e a imagem é perfeita.



Acredito que Deus será generoso comigo e reservou para mim o melhor exemplar já fabricado por ele até hoje, e eu prometo que o cuidarei com todo zelo e carinho.

Mas antes, novo alguém, preciso que saiba de algumas peculiaridades sobre mim, que terá que lidar.

Primeiramente, houveram algumas tempestades dentro de mim, que me tornaram alguém que deixou de acreditar no amor verdadeiro, porém, como ainda acredito em Deus, vou recebê-lo, mesmo em meio a tanta bagunça, de coração aberto.


Depois, talvez tenha um pouco de dificuldade em me fazer notá-lo, você se lembra, não é? Deixei de acreditar! Mas tenha paciência comigo e, se possível for, seja direto, você saberá quem eu sou quando me encontrar, então, não hesite em me fazer notar.

Por fim, quando se aproximar, trate-me com amor, todo amor que tem dentro do seu ser, só assim você conseguirá libertar em mim o mesmo amor que guardo e farei questão de lhe doar.

Fico tentando imaginar como serão os dias ao seu lado, e quando me deparo com alguma situação onde não consigo lidar sozinha, penso sobre o que você me diria se estivesse aqui.

Será que você é do tipo generoso? Companheiro? Bem-humorado? Parceiro? Respeitoso? Prestativo? Romântico? Carinhoso? Apaixonado? Bonito? Cheiroso? Vaidoso? Galanteador?


Quer saber a verdade, queria que fosse tudo isso, e se quiser ser mais, pode também, mas assim, para mim, já está ótimo.

Sabe, às vezes eu paro, fico olhando para o céu, e fico imaginando, se onde você está, naquele momento está também olhando e pensando em me encontrar. Eu não sei quem você é, você não sabe quem eu sou, mas será que, em seu coração, ainda tem a esperança de me ver, como eu tenho de ver você?

A espera por você é tamanha, e a expectativa por sua chegada, maior ainda. Enquanto não chega o grande encontro, trato de cicatrizar todas as feridas abertas, para que consigamos enfim, levar a vida em paz.

Assinado: o grande amor da sua vida.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: nd3000 / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 03/06/2018 às 5:19






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.