Oremos por um mundo com mais obrigada e menos eu preciso. O segredo é a gratidão!

5min. de leitura

Gratidão gera bênçãos – Quantas vezes olhamos para os céus com gratidão?

Faça uma pausa para pensar quando você realmente parou para apreciar a imensidão do céu. Largado numa rede, ou na grama; na beira da piscina, rio ou estrada.



Seus 50 tons de azul, o branco quase que esfumaçado ou aquele cinza das nuvens, em dias chuvosos… E a mais linda cor de rosa dos finais de tarde? Já viu? Ah, essa é uma das melhores.

Eu o desafio a fazer isso diariamente!

Todos nós estamos acostumados a passar por tudo com pressa, sem contemplar, observar, admirar e o mais importante: agradecer.


Agradecer pela vida e vista; agradecer por ver, (tanta gente não pode). Agradeça por enxergar a beleza que existe em tudo que nos cerca.

Agradecer pela família que temos para nos amparar, pela casa que nos abriga e pelo cobertor que nos esquenta; pela farta mesa de todos os dias, e por aquelas três refeições diárias (ou mais), é bom, não é? Seja grato!

É muito fácil acordar toda manhã pronto para se queixar da segunda-feira, da aula chata, do emprego mal remunerado, do chefe, dos pais, do carro que quebrou, de mil e uma coisas; difícil é reconhecer o quão ricos somos.

Veja o número de bênçãos diárias que Deus entrega em nossas mãos: sua saúde restaurada; as pessoas que te amam; a roupa limpinha que sua mãe lavou; o pão quente que seu pai compra; o biscoito de polvilho doce que sua avó não esquece de deixar no seu armário.


A alegria da vida está também nessas pequenas coisas; olhar para cada uma delas com gratidão é a melhor maneira de devolver a imensidão do amor que os céus, Deus e o universo têm por nós.

Oremos por um mundo com mais obrigada, menos eu preciso. Que saibamos ser gratos pela manhã na aula chata, que é muito mais gostosa do que as longas estadas em poltronas e leitos de hospital. Acreditem! Sobre isso, falo com propriedade!

O maior bem que se pode ter é a saúde; isso, eu só entendi, quando a perdi, mas aprendi. Hoje vejo a importância do agradecimento, por cada pequena graça concedida às nossas almas, tão frágeis e passageiras.

Muita gente nesse mundo está neste momento orando e clamando para ter 1/3 do que você tem.

Olha para o céu, meu amor, veja como ele é lindo! Agradeça pelo pouco, pelo muito, pelas coisas simples e pequenas!

A simplicidade é uma das maiores maravilhas de nossas vidas! Vida simples é muito boa!

Vida simples é aquele caminhar descalço pelas pedrinhas de calçamento antigo daquela sua rua no interior; é o pé na terra, o banho de cachoeira, o vento gelado na sua varanda virando seus cabelos no mês de junho; o balançar suave da rede quadriculada, cor azul do mar; o cheirinho de café fresco passeando pela casa, o pão quente comprado ainda na madrugada pelo seu pai.

Vida boa é ouvir toda manhã os passos em descompasso de sua avó perambulando pela casa; (e agradecer por ainda tê-la ao lado).

Ouvir o barulho de água corrente vindo pela janela do quarto, de frente ao quintal, onde sua mãe pendura lençóis limpos no varal, tem cheiro de lar e lavanda. Cheiro que tranquiliza.

Ter vida simples é para poucos, fazer aquela reunião com os amigos, primos, vizinhos, todas as noites, debaixo do poste de luz fraca, quase que na penumbra; sentir o amor instalado em todos os seus poros, você inala e exala o mais puro, simples e verdadeiro amor; amor sem preços, sem interesse, sem vanglória, como tem que ser: amor sem porquês.

A família reunida em volta da mesa, o fim de tarde na pracinha tomando caldo quente, até chegar a noite, com a lua cheia e clara.

Vida simples é valorizada por quem tem muito, os que têm pouco, ainda não se deram conta que não precisam de tanto para ser feliz.

Agradeça cada momento, por cada pequena coisa que acontece em sua vida. Seja grato  pelo bem que o cerca e até pelos males. O bem é bom, anima, restaura; o mal, por pior que seja, servirá de aprendizado. O segredo é gratidão!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.