publicidade

“Os olhos do Senhor estão em todo lugar, contemplando os maus e os bons” (Provérbios 15:3)

Cada um colherá exatamente o que plantou no solo da sua existência.



Os olhos do Senhor, citados neste versículo, significam a presença de Deus, que está em todo lugar, e isso inclui pensamento e coração. Tudo o que acontece com a gente ou o que planejam contra a gente visivelmente ou às escondidas, Ele sabe. Tudo o que fazemos ou tudo que sentimos e pensamos, Ele sabe também.

Os nossos atos são livres, porém observados por Ele. Deus nos permite fazer escolhas, tomar decisões, agir impensadamente, mas não nos livra das consequências, ainda que voltemos lá atrás e ajeitemos as coisas.

O malfeito contra nós ou praticado por nós já tem colheita agendada, e nada passa despercebido aos olhos d’Aquele que cuida da gente. O que eu quero lhe dizer é que, às vezes, seguir em frente e deixar pra lá é a melhor resposta que você pode dar a alguém que lhe fez tanto mal, que feriu sua alma e se fez de vítima, colocando-o, aos olhos de alguns, como a pior das criaturas.

Quero lhe dizer também que perdão é coisa de gente que sabe o quanto Deus é zeloso, justo e verdadeiro, e que o tempo é tão professor quanto a dor e o sofrimento que, com ou sem intenção, lhe causaram.

A sua história de vida foi escrita para ter continuidade e nela há muito que se realizar ainda, e ninguém muda isso. Há reformas e há novas construções. Na maioria das vezes, as novas obras são mais eficazes do que tentar reformar o que necessariamente é preciso ser destruído e esquecido. Cada um colherá exatamente o que plantou no solo de sua existência.


“Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.” (Gálatas 6:7)

Por mais que pareça estar dando tudo certo na vida de quem só pratica o mal, há uma portinha chamada consciência sem paz e sorriso sem alegria. Para tudo, a vida dá uma resposta, e isso já não é assunto nosso.


 

Publicado originalmente em Cecilia Sfalsin.

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.