POR QUE O ÓDIO É TÃO ATRAENTE?

Já teve aquela sensação de poder quando surge a ira? Aquela vontade de deixar o bicho pegar? Por que isso acontece? Por que não queremos controlar a raiva?

Por que o ódio é tão atraente?

As coisas ruins acontecem porque pessoas confusas as acham boas. Toda maldade surge de uma mente tão influenciada pela ilusão, que ela vê tudo ao contrário. Na tradição védica, o termo usado é tamo-guna, traduzido como a energia material da escuridão. Krishna explica na Bhagavad-gita que o resultado de tamo-guna é tolice e loucura, além de indolência, sono e preguiça. Lá, Krishna também explica, que em tamo-guna tudo é ao contrário. O que é bom, parece ruim. O que é errado, parece certo.

Quando estamos sob o efeito de tamo-guna, portanto, ficar com raiva, experimentar o ódio, parece bom. Sob o efeito da ilusão profunda, sentimos prazer no aumento da pressão sanguínea, batida cardíaca e adrenalina que acompanha o surto de ódio. Ao invés de servir de alerta que vamos perder o controle e fazer loucuras, estas sensações animam o animal em nós. Em loucura, porque é loucura agir sob a influência do ódio, aceitamos o chamado para agir de forma bestial.

O que falta é autocontrole. Palavra chave no caminho do yoga. Ponto essencial, Krishna enfatiza na Bhagavad-gita, para ser um yogi. E por que falta autocontrole? Porque dá trabalho. Sim! Autocontrole verdadeiramente exige energia, não é de graça. Seu corpo e mente tem que pagar pelo autocontrole. Até mesmo por questões biológicas, somos preguiçosos. O corpo quer maximizar sua energia, portanto faz de tudo para economizar o consumo. A preguiça é uma demanda da existência material. Quando estamos sob a influência de tamo-guna, aí a preguiça se estabelece mesmo, até mesmo contra nosso bem-estar.

Aqueles que desejam trilhar o Caminho 3T, o caminho do yoga, precisam lutar contra esta preguiça. Não vale a pena. É o barato que sai caro. Siga as instruções de como lidar com a raiva que passei neste vídeo. Vigiai e orai. Fique atento a não ceda a este desejo tão destruidor. E especialmente fique atento a manipulação de sua fraqueza por líderes religiosos e políticos. A manipulação do ódio é uma das mais poderosas, se não a mais poderosa, ferramenta de líderes nefastos.

Rejeite o ódio, a raiva, a ira, que são expressões da mais densa materialidade, da escuridão. Você não é uma besta. É uma alma pura, luminosa e uma centelha divina. Seja verdadeiro consigo mesmo e viva como alma, vivendo sob a guia de sua inteligência, sua paz e seu amor.

Veja aqui meu vídeo sobre este tema:




Deixe seu comentário