ColunistasRelacionamentos

Quanto mais independente você for, melhores serão os seus relacionamentos

Direitos autorais: Genessa Panainte/Unsplash.
genessa panainte psTh7TdbpFQ unsplash

Sou dessas pessoas que acreditam que não existe relacionamento sem disposição, independência e parceria, e é exatamente sobre isso que quero conversar hoje.

Vamos admitir logo de cara: quanto mais independente você for, melhores serão os seus relacionamentos, e isso não se restringe à vida financeira, refere-se à independência emocional, financeira e profissional.

Infelizmente, há pessoas que dependem emocionalmente e financeiramente do outro para tudo e ficam abaladíssimas quando o relacionamento acaba, uma vez que projetaram no relacionamento todos os seus sonhos.

Quer a verdade? Não se anule por alguém. A sua independência não é apenas uma conquista, ela representa a sua liberdade de escolha, seu escudo contra falta de respeito e seu direito de conquistar o que quiser, sem a opinião alheia.

Essa história de que sacrifícios amorosos garantem um relacionamento feliz é roteiro para filmes românticos. Na vida real, a independência significa um grito de liberdade e uma demonstração de amor-próprio.

É uma questão de lógica. Quando você dá ao outro o poder sobre sua vida, ele se sente no direito de fazer dela o que quiser, e isso explica porque tantas pessoas sofrem humilhações e traições com frequência. Ser independente financeiramente não quer dizer ser uma milionária (mas pode ser, se você quiser).

Refere-se a ter liberdade suficiente para não se sujeitar à violência psicológica e física para sobreviver. Uma pessoa independente não aceita viver de migalhas, não escolhe relacionamento por carência e não aceita ser controlada por quem julga amar, porque entende o próprio valor e sabe que dividir a vida com alguém é uma opção e não uma pressão psicológica da sociedade.

Não adianta deixar de trabalhar fora porque ele pediu, engavetar o curso com que você tanto sonhou fazer ou deixar de viajar porque o outro sente ciúme. Relacionamento não é meta de vida, é consequência de vontades mútuas.

Portanto, seja independente! Não importa o quanto que lhe custe nem as renúncias que terá de fazer para alcançar isso, porque quanto maior sua independência, maior a probabilidade de um relacionamento dar certo.

0 %