Quem fere você não merece a sua atenção!

6min. de leitura

Já reparou que somos como esponjas para tudo o que nos rodeia e não enxergamos o que vale a pena?



Eu sei que dizer apenas “a pessoa que fere você, meu amor, não merece essa  atenção toda sua, não!” é fácil, que difícil é realmente não permitir que outra pessoa seja capaz de destruir o nosso dia.

Você já reparou na facilidade que temos de absorver o negativo, as coisas ruins, palavras e olhares ruins, em vez das coisas boas e positivas? Já reparou que somos como esponjas para tudo o que nos rodeia e não enxergamos o que vale a pena?

Se formos contar nos dedos, em um dia, digamos que haja nove coisas bacanas que aconteceram, seja o amor de seus pets por você, a ligação da sua mãe, uma pequena promoção, um prazer, uma boa leitura, o reencontro com um amigo e, dentre esses dez dedinhos, nove sendo coisas boas, uma apenas foi ruim, o que acontece? Seu dia todo vai para o ralo, as coisas boas que aconteceram vão para o ralo, o abraço do amigo, a ligação, o prazer, tudo! Tudo vai para o ralo, porque damos muito mais importância ao que foi ruim do que às muitas coisas boas. Deu para entender?


Daí nos perguntamos: que tipo de pessoas somos nós? Um bando de gente negativa que, por mais que medite, ame a natureza, ainda é influenciada pelas coisas ruins, e elas geram muito mais reações do que as positivas e lindas.

Digamos que, em determinado dia, alguém lhe tenha dito que você é uma pessoa incrível e que a ama muito e, na tarde do mesmo dia, você esbarra com uma concorrente do passado que lhe sorri, fazendo-a lembrar de que ela, um dia, fez você se sentir um nada. E tudo volta. Aquele nada do passado. Você ignora completamente o quão incrível é para alguém e só se importa com o que sentiu de negativo naquele dia.

A vida está toda errada? As pessoas estão erradas? Ou somos nós que ainda não aprendemos a dar valor ao que realmente interessa?


Sempre me pego pensando em todas as vezes em que deixei um comportamento bizarro de outra pessoa destruir o meu dia. Penso no quanto tola eu fui em me deixar arruinar por uma negatividade, por uma opinião contrária às minhas, por uma inimizade ou desentendimento!

“Cara, se a gente não se dá bem, ok, eu sigo meu caminho e você, o seu!” Mas o que acontece é que deixamos essas sombras em nossa mente feito fantasmas, cujo foco principal de nossa atenção são esses fantasmas e não a magia do que vivemos no momento.

Se você é diferente de tudo isso que falei aqui, meu bem, parabéns! Sinal de que você está acima do padrão evolutivo da maioria das pessoas do planeta que, infelizmente, se aborrecem por coisas pelas quais não deveriam se aborrecer, se deixam corromper por palavras que não deveriam lhes afetar e, muitas vezes, acreditam em coisas que os outros dizem sobre si, mesmo sem serem verdadeiras!

Nós nos importamos. Só, tão somente, nós nos importamos com a opinião alheia e com o veneno que sai da boca, dos gestos e do olhar de alguém para nós. E isso só nos faz mal porque damos importância demais a isso.

Já imaginou como tudo seria incrível, se estivéssemos sempre um nível acima? Se uma cara ruim não estragasse nosso dia, se um comentário infeliz não deteriorasse nossa alma ou se uma crítica não arruinasse nossa autoestima? Seríamos muito mais felizes, seríamos imbatíveis e inabaláveis, e isso seria maravilhoso!

A dica para não nos deixarmos afetar por qualquer coisa é aprendermos a direcionar nossa atenção para coisas que valem a pena.

Chega de usar o foco de nossa lanterna apenas para aquilo que nos faz mal, é hora de mudarmos, é hora de aprendermos a filtrar o que recebemos para que não nos intoxiquemos com a vida!

E, se por acaso, você for envolvido(a) por uma sensação das piores, pare, sente-se, respire fundo pelo menos três vezes e diga para si mesmo(a): “Isso não tem o poder de me afetar, eu sou livre, sou feliz, sou incrível e me liberto dessa toxina que agora tenta me prejudicar.”

 

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Amor: tunedin/123Rf Imagens.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.