Rasgando a folhinha, mais um ciclo fechado!

4min. de leitura

Mais um ciclo de 365 dias se encerra nesse fim de semana.



Um ciclo em que a vida nos trouxe experiências, alegrias, tristezas, oportunidades e decepções também. Mas. Será que o simples rasgar da folhinha tem o poder de trazer grandes mudanças e surpresas pra nossa vida? Talvez.

Muitas pessoas não acreditam em amuletos, rituais, métodos, superstições, cronogramas e planejamento. Mas pra outras essa preparação é primordial para a realização de algo ou para uma grande transformação.

Um dos fatores que faz com que superemos nossos limites, que lutemos por nossas conquistas e sonhos é justamente o que nos fez chegar até lá. Seja uma teimosia, uma ideia fixa, uma obsessão, uma fé, algo que seja combustível para que prossigamos naquilo que queremos.


Um atleta que levanta pesos ou que prática artes marciais usa a força do grito para liberar energia e transformá-la em força. Um grupo que trabalha junto só vê algo produzindo se estiverem em sinergia, todos coesos na mesma ideia, no mesmo propósito. Ou seja, em tudo que fizermos seja sozinhos ou em grupos precisaremos de combustível para nos alimentar e chegar até o final do processo.

Chegar ao fim de mais um ano é o encerramento de um ciclo, de uma jornada, de uma etapa. Contamos os últimos minutos do ano e explodimos em celebração quando entram os primeiros segundos do ano novo. Esperamos 365 dias para jogar a folhinha no lixo e pendurar uma nova, começar um novo ciclo.

Promessas são feitas (talvez as mesmas de três anos atrás!), abraços são dados, champanhes são abertas, roupas brancas pra todo lado, esperança e fé renovada.


Mas o mundo continua o mesmo, voltamos ao trabalho, pagamos as contas, esperamos um grande amor… O que mudou então? Apenas o calendário? Não, o calendário muda independente de nós e cabe a nós, somente a nós fazermos acontecer a mudança que tanto esperamos. E ela não precisa acontecer exatamente no dia primeiro de janeiro, pode acontecer em março, julho ou outubro. Mas não depende do calendário, depende de você!

Fazer um ano diferente, com escolhas diferentes, com um olhar diferente sobre tudo e todos. Você é que fará a diferença no ano novo e não ele em você.

Por isso, nesse dia 31/12 escolha a roupa que achar mais bonita, branca ou não, pule as sete ondas, coma lentilha, coma sementes de romã, abrace a todos, faça planilhas para todos os meses, faça orações, promessas, propósitos… Cumpra seu ritual, mas dia 1º de janeiro, faça acontecer! Faça diferente, tenha um coração aberto para o novo, para a grande revolução ou transformação na vida que você procura!

Não deixe que só o calendário mude, renove-se!

A todos desejo boas festas e que tudo que é puro, novo e verdadeiro seja realidade no ano que se inicia!

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.