Resoluções de fim de ano: tire do papel e ponha no dia a dia!

5min. de leitura

É dezembro outra vez. Momento do famoso – e necessário – balanço.

Hora de repensar atitudes, posturas, avaliar as mudanças, evoluções, involuções e estagnações. Os caminhos que precisamos continuar a trilhar, aquelas rotas que devemos reajustar.



Momento de agradecer também. Talvez você tenha tido um ano difícil, cheio de desafios, tristezas, perdas e esteja me perguntando pelo que vai agradecer, mas saiba que tudo isso nos deixa mais fortes, nos aproxima de Deus ou nos traz preciosas lições, portanto agradeça, mesmo que 2017 tenha sido bem diferente do que você esperava.

Geralmente nesta época a gente também começa a projetar o futuro. O coração se enche de esperança e a gente planeja a famosa listinha de resoluções para o ano que vai começar. Papel e caneta na mão, ideias na cabeça, sonhos no coração e em minutos temos uma lista extensa e linda, mas será que ela resiste aos fogos do réveillon? Será que depois que janeiro cede lugar a fevereiro e assim por diante aqueles planos saem do papel?

Pois bem, agora é hora de pensar com cuidado nos nossos planos para o ano que vem.

Não estou dizendo que você deva limitar seus sonhos, mas que tal pensar em algumas coisas pelas quais você pode fazer alguma coisa? Vamos aos exemplos:


Seu sonho é conquistar aquela pessoa especial, em vez de simplesmente colocar isso no papel, tenha em primeiro lugar ciência de que é algo que não depende apenas da sua vontade, portanto pode não dar certo.

Depois, você pode se perguntar, antes de mais nada, o que realmente sente pela pessoa, imaginar-se com ela daqui a alguns anos, apesar seus defeitos e qualidades, porque terá de lidar com eles.

Se após isso tudo, concluir que ama a pessoa e que vale a pena lutar por ela, que tal começar cuidando de você? Da sua autoestima, ler mais, ser uma pessoa mais segura de si, mais independente, curar carências e se tornar uma pessoa ainda mais interessante e sem demonstrar dependência pela outra.


Comece já a criar condições para atrair essa pessoa para você, para ganhar seu respeito e admiração, peça orientação a Deus e a vida vai se encarregar do resto, e se realmente for para ser, você estará pronto para isso.

Não adianta desejar algo, se não estiver pronto para receber, caso contrário, pode colocar tudo a perder.

Imagine se você hoje estivesse com essa pessoa, será que não se sentiria dependente da pessoa a ponto de querer controlar seus passos, ter ciúmes além da conta e pôr tudo por água abaixo?

O que quer que você deseja necessita de preparação, como um atleta antes do jogo. Que precisa treinar, preparar-se fisicamente, alimentar-se e dormir bem.

Se seu projeto é emagrecer, o que acha de hoje começar a caminhar por meia hora? Cortar os excessos? Aí você pensa: “Vai me pedir para cortar excessos agora? Com tantas delícias das festas de fim de ano? Deixa para Janeiro!”. É justamente esse “deixa para depois” que faz nossas resoluções ficarem apenas no papel.

Seja lá o que for que você queira, comece hoje a se preparar para receber. Faça hoje algo que possa aproximá-lo da realização do seu sonho. O resultado final está no futuro, mas é seu foco e esforço presentes que fazem você ficar cada dia mais perto de fazer acontecer e tornar seu 2018 diferente.

Você vai realizar tudo o que planejar? Infelizmente a probabilidade é mínima, mas pode realizar várias coisas, podem acontecer coisas inesperadas também. Não queira controlar tudo e abra espaço para as surpresas. Saiba que, para algo acontecer, é preciso fazer a nossa parte e desapegar para que tudo possa fluir.

Portanto, não espere 2018 chegar para que tudo possa mudar como uma espécie de mágica. Comece agora, hoje mesmo, a mudar suas atitudes. Seja novo, faça coisas novas, reinvente-se, se for preciso!

O ano só será de fato novo, se você também se reinventar.

Feliz ano novo!

_________

Direitos autorais da imagem de capa: photografspb / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.