Ressignifique os seus sentimentos. Viva o amor incondicional



Ressignifique os seus sentimentos. Viva o amor incondicional, fazendo o caminho de volta.

Leitura e descrição do SER, num processo de cura, para se abrir novamente ao Amor que transborda.

Permitir que mexam com você, e tudo que sentir no coração e precisar ouvir, confirma o momento que é de decisão e mudanças, e quando alguém consegue entendê-lo, mesmo que de uma forma diferente, e apenas por sentimentos.

Não precisa haver permissão para dividir algumas coisas, mesmo porque um está preparado para receber, o outro não.

Ao se permitir mudar e abrir-se para o novo, saiba que Deus coloca em seu caminho pessoas para ajudar nesta transformação. Elas são como anjos, tenha gratidão por isso.

Não se assuste, fique feliz, pois é nesse seu momento que existe atração, aproximar-se-ão “outras” pessoas, e então você não terá mais medos, pois seu SER está explodindo querendo AMOR.

Aceite as oportunidades que surgirem, aceite esse presente, procure resolver e permita-se, e quanto mais amizade, mais chegará perto. No turbilhão do seu interior apreciará cada detalhe de entendimento, e assim aprenderá a encontrar forças.

Ter atitudes diferentes, para que haja resultados diferentes. Fazer o mesmo, traz resultados iguais ou semelhantes. Procurar cada vez ser e estar mais consciente de tudo. Assim será possível se fortalecer.

Prefira se arrepender, quebrar a cara, arriscar, sofrer pelas escolhas erradas que nos fazem aprender, principalmente, do que se arrepender de nunca tentar.

Nesta vida vive-se apenas uma vez, e a vida é curta, mesmo que não pareça. Quando acabar tudo, é porque tudo chegou ao fim.

Na psicanálise, psicologia, psiquiatria e praticamente todas formas de terapias, existem ferramentas para o desapego e renúncia, para (reprimir) os sentimentos de paixão e de decepção, no geral, com eficiência e eficácia.

A principal ferramenta, em uma única palavra, seria: Ressignificar.

A principal ferramenta, em uma única frase, seria: Ressignificar o emocional do seu SER.

Essa afirmação é real, e é usada para combater principalmente o desconforto emocional.

Embora seja real apaixonar-se, apaixonar é uma ilusão, pois é um sentimento que nos aprisiona, e é destrutivo, disfarçado de ser tudo lindo e maravilhoso!

Decepção é algo que criou expectativa e não teve o retorno esperado.

Algumas ferramentas para ressignificar um desconforto emocional:

Se você permitiu esse sentimento entrar em sua vida, por impulso ou falta de controle de suas emoções, por uma vulnerabilidade sentimental, e logo em seguida percebe que não era bem como imaginou, o ideal seria que se afastasse.

Porém, o que acontece, geralmente é o contrário.



Pergunte-se: Porque não fiz nada para impedir? Qual o motivo dessa paixão? Porque meu SER permitiu gostar dessa pessoa? Daí, consegue-se compreender como se originou, e no dia a dia qual a relação que a despertou?

Como as respostas estão dentro do seu SER, a pergunta principal para si é: O que eu tenho que fazer para eliminá-la?

Ter atitude e passar a aplicar o que se propôs. Com calma e consciência, seguindo um passo de cada vez, o resumo é: limpar sua memória. Sim, zerar lembranças. Sem lembranças, fica-se sem sofrimento.

Sem memória, fica-se sem dor. Quando desistir é necessário, em vez de insistir.

A decepção pode ser mais abrangente, pois pode ser consigo mesmo, porém, geralmente é em relação a outras pessoas, amigos, familiares e o amor.

Na minha percepção, a superação vem com o tempo, pois tudo passa. Fique feliz e seja sincero(a) consigo, não se permita enganar. Porque não controlamos o nosso sentir e devido a intensidade dos nossos sentimentos, conseguimos ficar cegos, surdos e mudos.

Graças ao Deus do universo que tudo isso acontece, pois não somos máquinas nem robôs.

Humilhação, arrependimento, dificuldades e lágrimas fazem parte de cada SER que passa por algum desconforto.

Então passar por tudo isso é bom, e é viver. Amor incondicional traz a felicidade.

Seguir em frente, entregar, receber tudo com muito carinho, confiar no sentir do outro e se abrir ao amor genuíno, isso é diferente, e é só emoção.

Um pedacinho de amor, uma fagulha, uma centelha pode fazer a diferença na vida de um SER, pois receber uma parte é tudo naquele momento, e nada mais importa.

Sobre o amor, o amor real e genuíno só pode ser incondicional. O amor protege. O amor produz sentimentos positivos. O amor é o combustível da vida. O amor independe de troca, doa-se sem esperar receber.

O amor quando incondicional produz autoempoderamento, é autoprotetor, e ao respeitar esse sentimento é onde estão todas a respostas para as questões do SER.

O amor, a paixão, o sentir, tudo pode ser. Tudo na vida pode ser, pois o que é hoje de uma forma, pode ser diferente amanhã. Ame incondicionalmente.

Gratidão! Namastê! Omituofo!


Direitos autorais da imagem de capa: Radu Florin on Unsplash






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.