2min. de leitura

Se a cumplicidade não encaixa mais entre ambos, talvez seja a hora mesmo de partir

O único dever emocional com o próximo é o da honestidade.


Acho que o começo do amadurecimento emocional acontece aí, quando a gente é capaz de despertar e entender que o amor é somar dois corações em direções propostas por tranquilidades semelhantes.

Às vezes, eu queria poder lhe dizer mais sobre o que sinto. Às vezes, eu gostaria que fosse suficiente tanta entrega, tanto zelo, tanto carinho, mas a dura verdade é que nada disso garante alguma coisa. O tamanho do meu amor não inclui receber de volta o seu. É triste esperar isso de você ou de outra pessoa.

Aliviando o peso do coração

Todos os sentimentos, por mais bem-intencionados, são direcionados de nós para o mundo; se eles retornam, é porque tivemos a sorte de tê-los em nosso caminho. Saber que não é uma obrigação cumprir o que sentimos tira um peso enorme do nosso coração. O único dever emocional com o próximo é o da honestidade.

Se a cumplicidade não encaixa mais entre ambos, talvez seja a hora mesmo de partir. Sofrido é para quem fica diante dos silêncios e poucos sorrisos.

Amar alguém um dia a mais ou a menos não faz diferença, quando eu preciso me amar mais. Acho que o começo do amadurecimento emocional acontece aí, quando a gente é capaz de despertar e entender que o amor é somar dois corações em direções propostas por tranquilidades semelhantes.


O mundo já é confuso e caótico demais para a gente ficar o tempo inteiro tentando buscar equilíbrio numa balança feita de sins e nãos.

 

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Amor: 123RF Imagens.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.