Se você soubesse o poder que tem, jamais se permitiria cair de novo!

Ah, nós mulheres! Tão lindas, tão maravilhosas e ainda desconhecemos o poder e a força que nos abraçam.

Elas estão cabisbaixas, estão tristes e infelizes. Não sabem para que direção ir e, quando vão, se perguntam se estão no caminho certo. Querem mudar a todo tempo ou não mudar uma vírgula naquela frase escrita errada. São inconstantes quando amam, sabem que amam demais e é tanto amor, que fazem o pior que poderiam: esquecem-se de si mesmas. Ah, nós mulheres! Tão lindas, tão maravilhosas e ainda desconhecemos o poder e força que nos abraçam. Vejo nos olhos de tantas e, muitas vezes, no meu também, aquele brilho do “eu tentei, tentei de novo e não deu”. Duvidamos do que somos, de tudo que podemos fazer e como podemos fazer. Duvidamos que somos capazes de recriar, renovar, renascer e por tantas vezes ficamos ajoelhadas no fundo daquele poço úmido, onde disseram que eu deveria estar… E acreditamos. E acreditei.

Se soubéssemos o poder que temos jamais nos deixaríamos cair! 

Vagueie pela história e veja se o que digo não faz sentido. Lembra de Joana D’Arc? Cleópatra, Carlota Joaquina, Anita Garibaldi, Marta Hari e tantas outras que fizeram parte da história e que modificaram o mundo? Agora você vem me dizer que seus problemas e lutas são maiores do que elas tiveram?

Nossa maior luta, mulheres, são com os monstros que guardamos dentro da gente. Aqueles seres invisíveis e desprezíveis que nos dizem a todo tempo que não damos conta, que não somos capazes ou um “eu te avisei que aquele cara não te merecia”. E daí se o cara por quem você se apaixonou não a merecia e a magoou? E daí? Você fez o que queria, não fez? O amou como queria e se foi uma tola, também foi porque queria. Agora, É SAIR DESSE POÇO FUNDO, MULHER! Escolheu aquela carreira difícil? E daí? Se é um sonho seu, não há nada difícil. O que existem são apenas obstáculos que nos dificultam a chegar onde queremos, mas que não nos impedem de chegar.

Se você soubesse, mulher, o poder que tem guardado dentro de si, passaria menos tempo sobre essa cama chorando no travesseiro ou se derretendo de sofrer! Você estaria DANÇANDO e tentando de novo. 

É, porque a vida é assim. A gente tenta umas mil vezes e uma hora, acerta. Não tem que desistir, não tem que se jogar no primeiro buraco para sofrer, não tem que ficar cabisbaixa. VOCÊ É PODEROSA e mulheres poderosas são capazes de tudo para alcançar sua realização, seja ela qual for.

Mulher poderosa, apaixonada, nem tem tempo de sofrer. Mesmo que ela sofra um dia, no outro já passou aquele batom, subiu no salto e voltou para a luta, porque ela sabe, que pra conquistar É PRECISO LUTAR.

Saia desse chão frio! Aí não é lugar para você. 


Direitos autorais da imagem de capa: wallhere.com / 35039




Deixe seu comentário