ColunistasEspiritualidade

Se você tem dois pães, ofereça ao menos um a quem nada tem

Dê pão a quem não tem chão nem eira e beira. Preencha vazios emocionais, lacunas intelectuais e a fome física.



Se você tem dois pães, ofereça, ao menos um a quem nada tem.

Se você tem dois pequenos pedaços de pão, ofereça ao menos um dos pedaços, porém, não ofereça somente o pão físico, mas, também, os pães “mental” e “espiritual”.

Compartilhe os seus conhecimentos com quem seja leigo. Transmita o suficiente, para enriquecer o intelecto alheio, pois o seu será enriquecido além do dobro.


Assim, como a água que flui, o conhecimento humano também deve ser propagado e não represado.

Ofereça, também, o seu conhecimento e energia espirituais, a quem nunca reconheceu ou não mais reconhece a Deus.

Preencha vazios emocionais, lacunas intelectuais e a fome física.

Transforme-se em onda oceânica e inunde serenamente vidas que não encontram mais razões de permanecer em solo firme.


Ore em conjunto, assim como aconselhou o Salvador, em Mateus 18:20: “Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou no meio deles”.

Onde houver um com pão que partilha este com o seu semelhante, dois haverão e estes acabarão por iniciar uma conexão humana fortemente estabelecida e, se conexão há, também haverá a presença de Deus.

Com o Mestre presente, pães serão multiplicados, a espiritualidade será difundida, a fome será saciada, lares serão erguidos e jamais demolidos, pois a família, instituição criada por Deus, é alicerce que bem estrutura o ser humano.

Dê pão a quem não tem chão! Dê chão a quem não tem um caminho a seguir, um destino a alcançar! Torne-se o impulso a quem não tem mais forças para ousar!


Ceda o que há em excesso em você, para que o outro, que nada tem, possa se preencher, reestruturar e também se tornar instrumento de Deus neste planeta.

Dê pão a quem não tem chão! Devemos partilhar com o próximo!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Amor: 123RF Imagens.


Quero mais leveza, quero dignidade no peito… E que Deus me ampare e me cuide

Artigo Anterior

Uma criança que não respeita seus pais e avós, nunca respeitará ninguém

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.