ColunistasRelacionamentos

Seja maravilhoso ímpar, para ser excelente par!

E, quando o sonho acaba?



Desde criança, há o sonho do casamento, da família repleta de filhos e a felicidade eterna, tudo isso alimentado pelos pais, familiares e as comunidades religiosas.

Na juventude, talvez, o sonho mude de foco; para a maioria de nós, ele se mantém.

O casamento… a festa… lua de mel… o dia a dia que constrói novos castelos, mas que pode causar destruições homéricas.

Amor antes, amor durante… e depois?

Depois restam a gratidão pelos bons momentos vividos, as boas lembranças da história construída a dois.


Só que nem sempre.

A maioria das histórias que ouvimos, que conhecemos sobre o que fica após o fim do sonho, é o pesadelo, o desmascaramento das pessoas, o ressentimento, a mágoa, o ódio.


Talvez faça sentido para você pensar que aquela pessoa e você mudaram ao longo do tempo, mudaram a maneira de pensar e sentir. Ambos viveram segundo seus valores, escolhas.

Um e outro caminharam o próprio caminho e – em dado momento – passaram a olhar para horizontes diferentes.

Um para as profundezas do oceano; outro para os cumes das montanhas.


Duas pessoas coerentes com seus ideais, com seus sonhos em busca da FELICIDADE.

Pode ser que a maneira de demonstrar essa diferença de olhar, seja equivocada, infantil, inconsequente e possa magoar um ao outro.

Contudo, todos merecem SER felizes em suas novas caminhadas solo.

Seja maravilhoso ÍMPAR, para ser excelente PAR. O sol brilha intensamente após a escuridão da noite.


Abraços Resilientes da Melcina.

 _____________

Direitos autorais da imagem de capa: arsgera / 123RF Imagens

Consciência espiritual – suas atitudes refletem, no dia a dia, a sua evolução!

Artigo Anterior

Eu ando de férias. Férias do coração…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.