ColunistasEnergias

Sequestradores da paz e energia… Poupem-me!

Este breve texto apresentará de forma simples e direta uma leitura sobre aquelas pessoas que sempre nos procuram para descarregar suas energias negativas e de forma indébita retirar-nos a paz.



Quantas vezes já ocorreu contigo ter que aguentar por minutos, horas ou por vários dias ou semanas, até tempos maiores, aquelas pessoas chatas, arrogantes, egocêntricas e que sempre nos procura para tirar-nos a paz para atender suas conveniências, caprichos e bel prazeres?

Sempre com a mesma ladainha, com as mesmas reclamações em seus sentidos, sobre coisas irrelevantes ou aquelas dúvidas de crianças de 10, 12 anos…

sequestradores-da-paz-foto-01

Aquelas mesmas dúvidas, os mesmos problemas que trazem até nós somente para descarregar em cima de nós uma energia que não nos pertence…


Cansa não é mesmo!

Pois então, normalmente pessoas chamadas de “boas” ou “sensíveis” sofrem com isso pelo menos uma vez na vida com alguma pessoa assim. Parece que elas enxergam que as pessoas boas servem para “muleta” ou “pia” para descarregar suas frustrações… Algumas benditas almas que sempre recorrem em outras para aliviar suas dores, jogar suas decepções, despejar suas negatividades e frustrações e tantas outras chatices e inconveniências.


Sabemos quando se trata realmente de uma pessoa que necessita de um ombro amigo, de um afago, uma palavra amiga ou de consolo ou ainda alguma orientação que por ventura possamos dar, mas nisso existem os oportunistas de plantão, os aproveitadores e aqueles que parecem um “carma” em nossas vidas… Cansa ter que lidar com as mesmas infantilidades sempre e o pior: as pessoas donas das infantilidades nem notam que isso incomoda as outras pessoas.

O que devemos fazer para não termos mais que passar por isso?

A resposta é mais simples do que se imagina!


Simplesmente devemos dizer BASTA! CHEGA! SAIA POR FAVOR!

Se alguém ainda não teve alguma experiência nesse sentido, tranquilamente terá.

Infelizmente existem pessoas que não possuem o popular “desconfiômetro” e seguem retirando indebitamente a paz e energia alheia…


Nestes casos, para evitar qualquer tipo de desentendimento maior, precisamos ser muito educados, serenos e respeitosos com estas pessoas.

Obviamente que tudo tem limite!

Não alongue (demais) seu limite nestes casos, ou simplesmente diminua este limite quando achar que já há exagero nas reclamações que tanto houve da mesma pessoa. Seja tolerante, mas também seja producente no respeito por si próprio antes de tudo e de todos.

Existem pessoas que adoram aproveitarem-se da bondade alheia, da solicitude alheia e da tolerância das outras pessoas. E ficam mal acostumadas com isso! Costume este que pode ser resultado do excesso de nossa tolerância ou postura ilimitada em ouvir estas pessoas.

O NÃO cabe literalmente nestes casos!

Ao invés de roubarem nossa paz e nossa energia, digamos: chega, eu quero e preciso de paz, por favor SAIA!

Sigamos todos em paz!

sequestradores-da-paz-capa-e-foto-02

Sempre de olho naqueles espertinhos que roubam, sequestram e tomam de forma indébita nossa paz, tranquilidade e nossas energias sempre com as mesmas reclamações, dúvidas frustrações equiparadas a crianças de 12 anos… Ou menos.

Divida suas alegrias, dívida suas positividades, dívida suas emoções e gratidões!

Paz!

Sabe por que ela é tão bonita? porque ela já passou pelo inferno e sobreviveu!

Artigo Anterior

Ser sensível é diferente de ser fraco!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.