Ser mãe solteira, não significa que você não possa continuar lutando por seus objetivos e por sua felicidade!

5min. de leitura

A minha gravidez não foi planejada. Aos 18 anos tive meu primeiro filho e naquela época era tudo muito difícil!



Eu morava no interior e mesmo depois que meu filho havia nascido, eu ainda estudava. Mesmo com a gravidez precoce, eu ainda tinha meus sonhos, objetivos e planejava mudar para  a capital, estudar e trabalhar.

Com a chegada do meu filho, não vieram somente os sofrimentos psicológicos de uma gravidez não planejada, mas o desgosto da minha mãe que acreditava que eu teria um futuro mais sólido e promissor.

No primeiro ano após o nascimento do meu filho, minha mãe não deixou seus conselhos de lado. Ela apoiou, ajudou e disse que eu tinha todo um futuro pela frente e ele dependeria das minhas escolhas.

A partir daquele momento comecei a tomar as rédeas da minha vida. Sacudi a poeira, levantei a cabeça e segui em frente com meus objetivos. Cada palavra que minha mãe falava e conselho que ela me dava, eu ouvia e colocava em prática.


Mudei para capital e comecei do zero. Tudo que eu fazia era para meu filho e minha mãe. Tempos difíceis, onde minha mãe, além de enfrentar uma separação conjugal dolorosa, ainda teve que lidar com minha vinda para capital, mesmo torcendo pelas minhas vitórias e conquistas. Mas a fé em Deus e o pensamento positivo começaram a tomar conta da minha mente. Deus sustentou e mostrou-me os caminhos que eu precisaria percorrer. Nada foi fácil!

Naquele mesmo ano minha mãe faleceu e as dificuldades aumentaram. Porém, isso não me fez perder as esperanças de buscar um futuro melhor para mim, pensando no meu filho que dependia de mim.

Comecei a trabalhar e focar nos meus objetivos e em seguida comecei a cursar o ensino superior.

Com muita dificuldade e adaptando à vida da cidade grande, mudei meus hábitos e consegui trabalhar em empresas de grande porte. Eu sempre estava em busca de conhecimento, boas leituras e estudar. Sempre em busca de novas oportunidades, eu estava inteirada com o mercado de trabalho e o mundo dos negócios, pois sabia que nessas fontes eu estaria enriquecendo minha sabedoria e buscando meu desenvolvimento pessoal e profissional.


Foram anos levando meu filho cedinho para a escola, dialogando e explicando porque eu tinha que me ausentar durante por tanto tempo. As dificuldades continuavam e eu entendia que, sem lutas, não havia vitórias e sempre olhava para frente, sem pensar em problemas e sim nas soluções.

Eu não deixava com que os problemas do cotidiano tomassem conta de mim, porque sabia que meu destino seria baseado nas minhas escolhas. Meu filho foi crescendo e eu fui me desenvolvendo em todas as áreas da vida, principalmente na área profissional.

A situação foi mudando com o passar dos anos. Com muito trabalho e dedicação, consegui colocar meu filho em um colégio particular. Eu me preocupava muito com o desenvolvimento social e pessoal dele, sentia-me responsável por tudo que acontecesse, pelo fato de ser a única que o cuidava e educava. Tomei a decisão de matriculá-lo em uma academia de artes marciais. Dali em diante, o círculo social do meu filho foi só melhorando, vieram frutos maravilhosos de todo sacrifício e dificuldades que eu havia passado. Ele era uma criança levada, mas muito inteligente e admirada por várias pessoas. Eu sempre acreditei que meu esforço para criá-lo valeria a pena.

Realmente eu estava certa. Hoje ele é um adulto responsável, trabalhador e estudioso. Não existe exemplo melhor para os nossos filhos como nós mesmos. Nada é fácil, mas seria mais difícil se não nos dedicássemos a eles.

Filhos são presentes de Deus, benção e graça! O amor mais verdadeiro que nós, mães, podemos sentir. Não pense que o momento de dificuldade é feito somente de sofrimentos, pois tudo na vida passa. Às vezes, olho as fotos do meu filho, de quando ele era criança, viajo no tempo e penso como tudo valeu a pena, como Deus é maravilhoso e que não existem momentos difíceis, mas sim momentos de amor e aprendizado!

______

Direitos autorais da imagem de capa: alenkasm / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 28/06/2017 às 16:17






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.