ColunistasRelacionamentos

Ser solteiro não é problema, o problema é viver um namoro fora da vontade de Deus

Ser solteiro nao e problema 01

O solteiro é atacado de tantas formas que, às vezes, até ele (que está em paz) começa a se achar problema.



Não faz mal a ninguém desejar ter um relacionamento, mas o que se torna um problema é não aproveitar esse tempo de espera para se conhecer e achar que esse período é um problema.

Além disso, o desespero, a carência ou a pressão da sociedade por ter um relacionamento podem levar você a viver um namoro fora da vontade de Deus, em um momento que não foi preparado para isso.

Quero que você se lembre de Eclesiastes 3, onde se diz que há um tempo certo para cada coisa. Por isso, para você, o tempo pode ser diferente do que para aquele coleguinha que já está namorando.


E isso não quer dizer que Deus se esqueceu de você, mas que ainda não é o seu tempo. E ele sabe exatamente o que faz em nossas vidas, precisamos confiar.

O que Deus tem preparado para você é só para você. O namoro, o tempo de solteiro, o casamento, ou seja lá qual for o seu sonho, Ele está trabalhando nisso.

Muitas pessoas deixam de viver o plano de Deus para a vida delas porque não sabem esperar. Interrompem os planos de Deus pelo desespero, pela pressa, e deixam de viver o extraordinário de Deus.

E, assim, vivem relacionamentos que as ferem, machucam. Apegam e se envolvem com pessoas fora dos propósitos de Deus.


Posso lhe garantir: não vale a pena. Antes esperar e viver o que Deus tem para nós (mesmo que aos nossos olhos isso demorei muito) do que se antecipar e viver algo fora da Sua vontade.

Peça com fé e Ele atenderá aos pedidos do seu coração. Confie nisso: Ele não demora e tudo o que Ele faz é bom e perfeito.

Não escute as vozes que dizem que você não é capaz!

Artigo Anterior

Quem vê você sorrindo não imagina suas lágrimas derramadas, pedindo a Deus forças para prosseguir

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.