Sobre reatar relacionamentos que não funcionam mais: muita cautela! não aja pela carência!

5min. de leitura

Seu(sua) ex terminou e agora quer voltar? Toda cautela é pouca! Não aja pela carência.

Eu começo este texto deixando bem claro que, acredito, sim, na capacidade de mudança das pessoas. Óbvio, que, como graduanda em Psicologia essa crença é imprescindível para mim.



Mas acredito, também, que, quando se trata de uma segunda chance, em especial, no campo dos relacionamentos amorosos, nem todos a merecem. É  preciso ter muita cautela diante de uma proposta de reatar um relacionamento que já faliu e que, na verdade, nunca prestou. Principalmente, levando-se em conta  que, em muitos casos, a pessoa  teve que reunir todas as forças para romper com um “romance” no qual ela sentia-se como uma morta-viva.

Sendo mais específica, a pessoa alternava seus dias entre raiva  e angústia. Só quem viveu um relacionamento doentio vai entender bem este texto. Muito se diz, desqualificando, a respeito de alguém que está mergulhado numa relação infeliz.

O que nem todos têm a capacidade de entender é que uma pessoa que se submete a uma relação abusiva, geralmente  não está em condições emocionais de se proteger. No geral, são sujeitos que, apesar de possuírem todos os atributos desejados para um relacionamento bacana, não se enxergam assim.


A lente com a qual uma pessoa sem autoestima  se percebe mostra uma imagem totalmente distorcida da realidade, fazendo com que ela aceite qualquer migalha que lhe ofereçam chamando de amor. Nesse contexto relacional, por não ter parâmetros do que seja um relacionamento satisfatório, essa pessoa não terá condições de dizer “basta” para um o(a) parceiro(a)  que a trate como um depósito de suas grosserias e abusos.

Mas é plenamente possível que ela saia desse caos e construa ou reconstrua uma identidade positiva de si mesma, aí as coisas serão bem diferentes, em todos os quesitos. Vale lembrar, que os(as) abusadores emocionais,  se valem dessas pessoas destruídas emocionalmente  para se afirmarem. O abuso delas se alimenta da fragilidade e da incapacidade do outro de se impor. Sim, porque com alguém  com  uma autoestima bacana, eles não teriam  condições de concluir sequer  uma frase inteira.

Aliás, os abusadores emocionais nem passam perto de pessoas  que se gostam, o “radar” deles funciona  bem, então a investida é sempre direcionada àquelas pessoas que estão sem nenhuma imunidade emocional.


Então, digníssimo(a) leitor(a), se você conseguiu se livrar de um algoz emocional  e  agora ele(a) está te cercando, te querendo de volta, aliás, querendo te recapturar para o cativeiro dele(a), muito cuidado. Pare e pense: se você lutou tanto para sair daquela situação, foi porque você não estava feliz, estou certa? Então, por favor, não vá fraquejar agora.

Diga sim à sua dignidade como homem ou mulher. Não se permita agir pela carência!

Tenha a certeza de que, caso você volte, a tendência é de que ele(a) piore contigo. Afinal, ele(a) vai interpretar da seguinte forma: “Bem, se ele(a) já me conhece e depois de tudo o que fiz,  ele(a)  ainda me aceitou, posso ficar à vontade para fazer o que quiser, ele(a) vai aceitar”.

Busque fortalecer a sua autoestima. Procure interagir com pessoas que  sinalizem as suas virtudes, e tudo aquilo que você tem de positivo. Sim, são nessas interações que nos reerguemos e nos resgatamos. Não tenha pressa em se envolver emocionalmente agora, o momento é de você se fortalecer e se perceber como a preciosidade que você é.

Pode ser que o fim do seu relacionamento ocorreu porque  seu(ua) ex  te trocou por outro(a). Daí, por ele(a) ter quebrado a cara, ele(a) te quer de volta, acreditando que você é a mesma pessoa do passado.

Querido(a), cuide-se… não permita essa reconciliação. Vá por mim… você ainda vai encontrar alguém que te trate com todo o amor e respeito que você merece. O mundo está cheio de ótimas possibilidades para você e elas chegarão na sua vida assim que você se perceber como merecedor(a) delas.

___________

Direitos autorais da imagem de capa: antonioguillem / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 01/05/2017 às 15:21






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.