Sua mãe olha por você de onde quer que ela esteja

5min. de leitura

Uma mãe é o porto seguro de seus filhos. Mães deveriam ser eternas, nunca partir, nunca deixar de estarem perto fisicamente. A pior perda de uma vida é a perda de uma mãe.

Não existe laço mais forte que a união de uma mãe com seu filho. Quando uma mulher dá à luz uma nova vida, os laços se tornam os mais fortes dali em diante. A mãe cuida, protege, acalenta e luta pelo bem-estar do novo ser, muitas vezes deixando de lado regalias para si em prol da criancinha que ela tanto ama.



Para um filho a mãe é a primeira referência de vida. Ele não somente depende dela para sobreviver no início da vida, como a encara como ponto principal de carinho, aconchego, luz, norte e evolução. Uma mãe se torna o porto seguro de seus filhos.

Conforme a vida passa e os anos avançam, nossa mãe continua sempre ali presente. É para ela que contamos nosso primeiro beijo, nossa primeira paixão, nossa primeira conquista e nossos maiores sonhos. É a voz dela que vem à nossa mente quando vamos fazer algo contrário ao que ela nos ensinou.

Mesmo que não esteja presente fisicamente, carregamos nossa mãe para onde quer que vamos.

Nossa mãe está sempre lá. Ela está nas fotos da sua formatura, nas viagens em família, nas músicas que você aprendeu a gostar através dos gostos musicais dela, nos conselhos e ensinamentos que fizeram sua formação, nos sonhos que ela o ajudou a realizar e nas lembranças dos tropeços da vida quando você correu para o colo dela em busca de abrigo.


Mães deviam ser eternas, nunca partir, nunca deixar de estarem perto fisicamente. A pior perda de uma vida é a perda de uma mãe. É como se perdêssemos toda nossa base e estrutura de vida.

Quem perde a mãe, diz que é como se um pedaço de si tivesse partido e nunca mais será reposto ou substituído. Esse buraco na alma permanece até os fins dos dias.Eu acredito que o amor que une uma mãe a um filho é bem maior do que a não presença física. Para mim, nossa mãe, em essência, sempre estará conosco.

Elas podem estar em outros planos, em outras dimensões e em outras formas de existências, mas estão sempre nos olhando e nos cuidando.

É engraçado como muitas vezes, quem perde a mãe consegue senti-la no toque do vento no rosto e sentir uma paz instantânea.A dor de não ter mais a mãe presente fisicamente é, para muitos, dilaceradora. Muitos não conseguem acreditar que as mães são como somos: seres humanos que nascem, vivem e partem da matéria.


Com o tempo, a dor vira tristeza e a tristeza fica saudade. A saudades viram lembranças nostálgicas e aquele forte desejo de que tudo está bem e continuará bem, pois elas estão e sempre estarão conosco.

Eu quero dizer que amo minha mãe e sou grato por Deus ter me permitido escolhê-la nessa reencarnação e quero que você diga o mesmo nesse momento para a sua. Ela o ouvirá de onde quer que ela esteja e você não só vai saber que ela ouviu, como vai sentir que ela também o ama e lhe cuida.

Sua mãe olha por você de onde quer que ela esteja. E você sente no mais íntimo da sua energia vital que o laço que os une não foi e jamais será quebrado.

Gostaria que todas as pessoas que perderam suas mães se sentissem abraçadas neste momento e sentissem o calor do abraço que elas sentiam quando estavam no abraço de suas mães. Esse sentimento existe, é real e não morrerá jamais.

Elas são e sempre serão conosco, em matéria ou distantes.

Em homenagem à minha mãe que perdeu sua mãe e minha querida vozinha que foi minha segunda mãe durante os breves anos de vida que partilhamos juntos. Eu as amarei para sempre.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: evgenyatamanenko / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 14/10/2018 às 20:14






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.