Todo instante é momento para recomeçar!

Sempre é tempo para recomeçar! Todo instante é momento para recomeçar! Não importa quantas vezes seus planos não deram certo.

Porque, afinal de contas, os planos são para darem errado. Sim, eles são apenas teorias, que quando colocadas em prática, entram em uma fusão com infinitas variáveis. E a possibilidade de saírem exatamente como você planejou, simplesmente, não existe. Não passam de ilusões que você criou para lidar com a vida nua e crua.

Como quando estamos embaixo do chuveiro e inventamos os mundos mais fantásticos, para sairmos fortes e renovados do banheiro. Feitos Dom Quixotes de La Mancha a lutar com moinhos de ventos. A viver em mundos de romances de cavalaria ou contos de fadas, perspicazes num dado momento da história, em que, as pessoas viviam miseráveis sob a servidão de senhores e amedrontados por um regime religioso.

Com suas luzes da cidade, a vida moderna passou a nos seduzir e os planos perfeitos, na busca do pote de ouro no fim do arco-íris a nos perseguir. Os pais perfeitos, a escola perfeita, os professores perfeitos, a teoria perfeita, a carreira perfeita, o casamento perfeito, os amigos perfeitos, o relacionamento perfeito, os filhos perfeitos, o carro perfeito, a casa perfeita, a viagem perfeita, a comida perfeita… tantas perfeições buscamos…. tantas idealizações… no entanto, elas são meros devaneios da nossa mente.

Nossos planos nunca darão certo, da forma como imaginamos. Eles darão certo e errado ao mesmo tempo, mas, de outras formas, com outras incógnitas.

Lidar com essa realidade é renovar-se frequentemente. É dar luz a sua dinâmica interna e expansão de seu ser, sem medo de se perder. Viver com suavidade e serenidade!

Recomeçar sempre e amar infinitamente! É aprender a lidar com a contingência, o inesperado, o inusitado, o destino, a sorte e o azar que nos permeiam. Lidar com os inúmeros desafios que se colocam à nossa frente, entender que não temos tudo o que queremos e nem é nos tirado tudo. Não somos seres injustiçados e que a vida é feita de instantes agradáveis, tal como, outros não tão agradáveis assim.

É preciso superar, passar pelas angústias, incertezas, inseguranças, madrugadas de intensos choros, provações… para que a paz de espírito nos preencha depois.

Se tiver que chorar, chore! Passe por esse momento com dignidade e, depois, levante-se! Recomece do zero, se preciso for. Por outro caminho, por outra perspectiva, outro ângulo, por outras facetas de si, que não imaginava que possuía. Por outras experiências de ser humano.

Experimente, ouse, busque, caia, mas levante-se de cabeça erguida.

Nunca ache que as possibilidades de viver e ser feliz se acabaram. Sempre haverá portas fechadas, então, mude o rumo e procure as que estão abertas, cheias de amor e acolhimento para a pessoa que você é, com seus poréns e suas conclusões.

Recomece a cada rasteira, a cada tombo, a cada desesperança, a cada desilusão. É saudável! Faz parte do aprendizado de viver. Encare a vida como ela é! Uma luta, muitas vezes cruel. E para, além disso, aceite-se, empodere-se, emancipe-se, autogestione-se e ame a si mesmo.

Ame o viver, as pessoas, as situações, como elas são. Para que o recomeço seja espontâneo, com um sorriso nos lábios e fé no coração.


Direitos autorais da imagem de capa: Priscilla Whendy on Unsplash




Deixe seu comentário