Três coisas que a sonserina pode ensinar…

17min. de leitura

A Sonserina é uma das quatro casas da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, cujo animal símbolo é a cobra e suas cores são o verde e o prata. No entanto, quando um jovem bruxo de 11 anos repete desesperadamente “Sonserina não! Sonserina não!” enquanto é avaliado por um Chapéu Seletor, talvez você pense que seja uma casa terrível e que talvez ela nada tenha a ensinar, mas as coisas não são bem assim.



Basicamente, Sonserina pode ser definida em três adjetivos: Orgulho, Ambição e Astúcia. Infelizmente, vivemos em uma sociedade em que essas três características extremamente positivas são muito mal interpretadas e vistas como algo ruim pela maioria das pessoas.

Mas afinal o que é o Orgulho se não a vontade de dar o seu melhor para ser o melhor, não somente para si, mas também para os outros? De fato, a coisa mais humilde que alguém pode fazer é dar o melhor de si em todos os instantes. Principalmente em um mundo dominado pela síndrome da mediocridade (explico mais adiante).

O que é a Ambição se não a intensa vontade de estar disposto a pagar o preço pelos seus objetivos e sonhos? Dizem que um verdadeiro sonserino é capaz de fazer de tudo por aquilo que acredita e defende. Por que você não pode ser assim? Você age com ambição quando você tira o pé do freio, imagina o que quer e obtém o que imagina.


O que é a Astúcia se não a habilidade de adequar rapidamente suas estratégias a novas situações? Uma pessoa verdadeiramente astuta não aceita a rejeição. Pode parecer brincadeira, mas a rejeição (quando encarada do jeito errado) pode impedir pessoas de grande potencial a alcançarem o sucesso. Um indivíduo astuto sabe como mudar as regras a seu favor.


Orgulho

“Você poderia ser grande, está tudo aqui na sua cabeça. E Sonserina poderia ajudá-lo a alcançar esta grandeza, não tenha dúvida disso. ”


– Chapéu Seletor

Rápido, liste mentalmente as três pessoas de maior sucesso que você conhece. Pensou? Talvez você tenha pensado em gente de áreas completamente diferentes, mas aposto que sem saber quem são elas, eu consigo adivinhar qual é a característica que elas têm em comum.

Eu aposto que essas três pessoas são indivíduos que se importavam com seus respectivos projetos e negócios mais do que outros julgavam ser sensato ou necessário. Sei que elas arriscaram mais do que outros julgavam ser seguro. Também sei que elas exigiam de si mesmas mais do que outros acreditavam ser possível.

Dei mais de uma característica? Não. Tudo isso tem um nome, se chama Orgulho!

Somente um indivíduo, com fé inabalável em si mesmo, crente de suas próprias qualidades e capacidades, é capaz de enfrentar todas as dúvidas e todos os obstáculos que se interpõem entre ele e seus objetivos.

Um indivíduo orgulhoso não exige mais de si mesmo por mero capricho: ele exige mais de si mesmo porque ele acredita ser capaz de alcançar o céu se quiser. Pessoas orgulhosas não querem ser apenas mais um na multidão, elas querem ir além e não estão dispostas a fazer apenas metade dos esforços. Para uma pessoa orgulhosa, a palavra de ordem é tudo ou nada. E se alguém está fazendo melhor, talvez seja hora de ficar ainda melhor.

Pessoas orgulhosas são pessoas que querem produzir as melhores virtudes em si mesmas. São pessoas que não estão aqui apenas para serem medianas: querem trazer beleza em tudo o que fazem e produzir com isso um senso de propósito. Uma pessoa orgulhosa vai além das expectativas e trabalha duro em seus objetivos porque ela entende que aqueles que se entregam mais, também se tornam mais.

A humanidade está sendo acometida por uma doença que está matando nossos maiores potenciais e trata-se de uma epidemia global. Não falo de um supervírus e nem de uma bactéria que decidiu atacar os gênios. Falo da normose, a obsessão por ser normal. Ou síndrome da mediocridade.

Trata-se da adoção de hábitos que são considerados normais, seguros e estáveis, mas que na realidade acabam nos levando à infelicidade, à doença e à perda de sentido na vida. Vivemos em um mundo completamente instável: nada que possuímos irá durar para sempre, muito menos nossos cargos e títulos que tanto seguramos com força. Uma empresa que te contratou por 20 anos, pode simplesmente fechar as portas ou te mandar embora sem maiores explicações. Parentes queridos podem ser acometidos por doenças fatais. Até mesmo você pode sofrer um acidente a qualquer momento. Diante de tanta insegurança, queremos viver em nossa zona de conforto, adotar hábitos padrões, seguros, estáveis e seguir a manada.

Mas uma pessoa verdadeiramente orgulhosa jamais irá optar por este caminho da normalidade. Afinal, como ficar dentro da zona de conforto se você acredita que pode voar com as águias no céu? E é nesse ponto que uma pessoa verdadeiramente orgulhosa é vista com discriminação pela maioria das pessoas.

Como assim?

Você pode ser águia se anda com perus? Goste você ou não, a máxima “diga-me com quem andas e te direi quem és” é extremamente válida, e você normalmente irá subir ou descer ao nível correspondente da maioria das pessoas no seu círculo social.

Uma história conta que dois irmãos gêmeos nasceram em uma situação muito difícil. Só que um se tornou alcóolatra e se envolveu com problemas na lei; o outro se tornou um mega-empresário de sucesso, com uma família linda.

Quando perguntaram ao irmão problemático o que havia acontecido, sua resposta foi: “Eu nasci em um ambiente cercado de pobreza, violência e drogas. Agi como todos agiam, oras!”. No entanto, quando fizeram a mesma pergunta ao irmão de sucesso, ele respondeu: “Nasci em um ambiente cercado de pobreza, violência e drogas. Decidi sair dali e me envolver com um grupo diferente na comunidade! ”.

Uma pessoa orgulhosa é preocupada com o sucesso. Como um cão farejador, ela entende que o sucesso deixa pistas e rastros. Então ela segue esta trilha, tentando se envolve com as melhores pessoas de sua área ou até mesmo procurando bons mentores que possam auxiliá-la no bom caminho. Pessoas orgulhosas são extremamente seletivas com as pessoas que podem entrar na sua área de amigos, mentores e conselheiros. Elas escolhem andar com pessoas que tem altos padrões e altas expectativas para si mesmas, pois, dessa forma, podem buscar subir o próprio nível.

Não é à toa que Jim Rohn, milionário, self-made e escritor de sucesso disse que você é uma combinação das cinco pessoas com quem mais passa seu tempo. Ou como Robert Wyland maravilhosamente declarou: “Há dois tipos de pessoas: âncoras e motores. É melhor livrar-se das que são âncoras e andar com as que são motores, porque os motores estão indo para algum lugar e se divertindo muito mais. As que são âncoras só irão puxá-lo para baixo”.

Apenas um lembrete: Há uma linha muito tênue entre orgulho e arrogância. Trate bem todas as pessoas, mas escolha muito bem quem serão seus amigos e companheiros. Sendo a Sonserina uma casa abarrotada de pessoas orgulhosas, é mais do que natural que esta maravilhosa qualidade se converta facilmente em arrogância.


Ambição

“Inteligência sem ambição é como um pássaro sem asas. ”  – Salvador Dali

Outra característica maravilhosa que é mal vista pelas pessoas no mundo moderno. Quantas vezes as telenovelas, filmes, ou até aquele seu professor descolado fã de Che Guevara, não abordaram o estereótipo do empresário malvado, motivado por suas ambições e desejos egoístas? Mas e se eu lhe disser que o motor do mundo são as pessoas ambiciosas e que sempre querem mais do que atualmente tem?

Uma pessoa verdadeiramente ambiciosa estará num estado de eterna insatisfação. Uma viagem cujo fim só é alcançado com a morte do indivíduo ambicioso. Como um homem faminto, ela sempre exigirá mais e mais. De si, dos outros e do mundo. Se tomarmos como verdadeira a acepção de que todo sentimento é energia, a ambição se torna também uma energia, certo? Ela não pode ser simplesmente destruída, mas pode ser transmutada em ação e produtividade.

Uma pessoa verdadeiramente ambiciosa converte sua fome voraz pelos seus sonhos e desejos mais altos em ação e atitude. Conquistar seus objetivos em vida é uma coisa extremamente difícil. Quantas pessoas estão dispostas a pagar o preço por isso? Apenas os indivíduos ambiciosos, pois somente eles têm a energia necessária para persistir de enormes desafios, contratempos e até mesmo ferimentos físicos se assim for exigido.

Você só pode ser ambicioso se for capaz de enxergar além, de elevar a sua mente de onde está neste momento para um cenário futuro e desejado. Absolutamente ninguém que esteja feliz e satisfeito com a situação atual fará algo inovador. Para que tentar algo novo e sair do status quo se está tudo bem? Um indivíduo ambicioso vê o mundo com outros olhos, enquanto atua aqui no presente, está de olho no prêmio, reservado para ele no futuro, como recompensa por seus esforços do passado.

A ambição é capaz de tirar qualquer indivíduo de uma situação difícil e elevá-lo para um ambiente melhor. A insatisfação com a presente situação, o desejo ardente e intenso de vencer e continuar caminhando independente dos desafios que surgirem, caracteriza o indivíduo ambicioso. Se em um momento difícil lhe falta orgulho para manter a cabeça erguida, talvez a ambição seja suficiente para fazer com que ignore as tentações e se recuse a desistir, pois tudo que sua mente é capaz de enxergar é a maravilhosa terra prometida logo adiante que ninguém está vendo, mas ele sim!

Uma pessoa ambiciosa não está muito preocupada com a realidade do momento. As vezes ela até mesmo irá agir no presente como se já tivesse alcançado seu objetivo futuro. Imagine você se tivesse a expectativa real de que todo cachorro é bravo, doente e quer morder você. Difícil te imaginar fazendo carinho em cachorros neste cenário, certo? Provavelmente você fugiria ao avistar qualquer um destes animais.

Semelhantemente, se você não acredita que seus sonhos podem ser reais e se você não é capaz de enxergar além da presente situação, quais são as chances de você alcançar o seu potencial máximo? Praticamente zero.

Eis aí o ponto chave da pessoa ambiciosa: mais do que apenas desejar uma situação melhor, ela age como se fosse impossível não alcançar esta meta. Elas atuam com disposição plena e totalmente dispostas a pagar o preço para moldar a realidade a sua volta. E acreditam tanto em suas visões que muitas vezes se vestem como, agem como e se sentem como se já tivessem alcançado esses objetivos. Dizem que Steve Jobs era capaz de inspirar as pessoas com sua “distorção de realidade”, fazendo-as crer que eram capazes de fazer coisas que antes elas julgariam ser impossíveis. Ambição pura.

Mais uma vez citando Steve Jobs, “Stay hungry, stay foolish”. Em outras palavras, seja faminto e sinta que tudo que você possui agora não é suficiente. Você SEMPRE pode fazer e construir algo melhor. Seja insensato e não aceite noções como “Isto é impossível” ou “Ninguém jamais fez isso, portanto nós não podemos fazer”. Ignore o status quo, ambicione o sucesso e quebre os recordes.

A Sonserina é uma Casa que busca te lembrar que o mundo está aí para ser dominado. Basta querer!


Astúcia

“Onde é necessária a astúcia, não há lugar para a força” – Heródoto

Finalmente, chegamos à astúcia. A coragem para sair da zona de conforto, enfrentar o status quo e agir conforme seus desejos. A iniciativa para abrir portas onde antes só haviam paredes. O indivíduo astuto é aquele que dá o primeiro passo para a aventura, mesmo diante do medo e dos constantes avisos para que não o faça.

É natural sentir medo nesta vida. Dar o pontapé inicial para qualquer novo projeto não é fácil. A maioria das pessoas passam vidas inteiras esperando a oportunidade perfeita, ou seja, aquela que viria com risco zero de fracasso e que seria capaz de mudar a vida da pessoa para melhor da noite para o dia. Uma pessoa verdadeiramente astuta não é assim: ela compreende que a única coisa que vem sem esforço é a velhice, e que se ela deseja ser alguém na vida, deve abrir o caminho sozinha.

Para uma pessoa astuta não existe essa história de almoço grátis. Se você nunca fizer nada, não receberá nada em troca. E se for necessário derrubar muros para abrir portas, uma pessoa astuta não pestanejará em fazê-lo. Como Mary Kay, fundadora da Mary Kay Cosmetics, disse: “Para cada fracasso, há um curso de ação alternativo – você apenas precisa encontrá-lo. Quando se deparar com um obstáculo, desvie. “

Uma pessoa astuta compreende que há várias formas diferentes de alcançar um mesmo resultado e ela não irá ficar presa em velhos padrões apenas porque todos seguiram este caminho. Uma pessoa astuta é imprevisível, ninguém sabe com o que ela pode surgir a qualquer momento em seu ardor por aventura e novos caminhos.

Embora a vida seja incerta, o futuro não precisa estar fora de controle. E uma pessoa astuta sabe bem como reagir aos fatos da vida da melhor maneira possível, readaptando suas estratégias para que elas se adequem ao novo cenário. Se você dominar a astúcia, será capaz de superar desafios enormes e alcançar maravilhosos sonhos e objetivos.

Aventure-se…

Mas e você? O que mais você acha que a Sonserina pode ensinar ao mundo?

Qual sua casa favorita e quais são os maiores valores que ela ensina?

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.