publicidade

Um agradecimento às contrariedades e às graças da vida!

Sabe aquele momento em que de súbito surge um imenso desejo de agradecer por todas as conquistas e mesmo por todas as dificuldades até aqui vividas? E este ano de 2016 que quase finda, foi um ano difícil? Mas, ao mesmo tempo, rico de aprendizados, mudanças e de superações.



Nesta tarde ensolarada de dezembro eu gostaria de deixar meus sinceros agradecimentos registrados em singelas e breves palavras e intenções.

Agradecimentos direcionados ao universo (ou Deus); aos verdadeiros amigos, que em meio às suas vidas aceleradas não se esquecem de mim; aos que se fizeram de falsos amigos; aos infaustos, que por suas razões desgostam da minha pessoa; aos indiferentes; aos anjos e mentores protetores; e, por fim, à vida em si, em toda a sua magnificência.

Agradeço por todas as oportunidades maravilhosas, das quais seus caminhares, muitas vezes, parecem lentos diante da minha percepção, dos meus meros olhos humanos e da minha afoiteza, demandada pelo ego e pelas tensões sociais, mas sei que tudo segue um curso correto. Todas as situações estão a funcionar na correta sincronia do tempo e nas mais precisas condições do existir.

Agradeço a cada uma daquelas pessoas pelas boas e maliciosas palavras, pelos ganhos e perdas, pelos elogios e críticas – pelas críticas construtivas e também pelas negativas. Agradeço por cada declaração que me foi enunciada, sendo ela de amor ou de ojeriza, de respeito ou de afronta, de tolerância ou de discriminação. Agradeço pelo acolhimento fraterno, pelas muitas generosidades, mas também sou grata pelos bullying’s sofridos.


Sou grata pelas portas que se abriram e pelas que se fecharam, por quem compreendeu um pouco do meu jeito peculiar e por quem me interpretou como quis, e nem sempre da melhor maneira. Obrigada a quem me amou e também um muito obrigada a quem me iludiu – a quem ficou e a quem se foi para o eviterno.

Tudo o que vivi até hoje, todos os sentimentos, não tem preço, mas valor único e inexplicável. Foram únicos, cada um uma importante passagem da vida, cada um um diferente aprendizado. Eu não mudaria absolutamente nada do que vivi e senti. Todas as alegrias e dores foram únicas e enriquecedoras. Carrego minhas cicatrizes emocionais com orgulho e agradeço a cada uma das pessoas que ficaram em meu passado, por terem feito parte da minha história, ensinaram o que foi preciso. Em compensação, um muito obrigada ainda mais especial àquelas pessoas que permanecem em meu presente e a aqueles que estarão comigo para a eternidade.


Que os nossos dias vindouros sejam impregnados de mais conquistas, novas superações e novas histórias!

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.