Um coração pedregoso…

4min. de leitura

Na parábola conhecida como “Do semeador”, descrita no capítulo 13 do livro de Mateus, Jesus disse que parte da semente caiu também em terreno pedregoso, onde não havia muita terra:



Então lhes falou muitas coisas por parábolas, dizendo: “O semeador saiu a semear. Enquanto lançava a semente, parte dela caiu à beira do caminho, e as aves vieram e a comeram. Parte dela caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra; e logo brotou, porque a terra não era profunda. Mas quando saiu o sol, as plantas se queimaram e secaram, porque não tinham raiz. Outra parte caiu entre espinhos, que cresceram e sufocaram as plantas. Outra ainda caiu em boa terra, deu boa colheita, a cem, sessenta e trinta por um.
Mateus 13:3-8

Jesus contou que a semente, após cair em terreno pedregoso, logo brotou, porque a terra não era profunda, mas quando saiu o sol, as plantas se queimaram e secaram, porque não tinha raiz.

Muitas vezes nosso coração está assim, um solo cheio de pedras e com pouca terra. Há momentos em que nosso coração não está preparado para que as sementes de vida possam germinar e se tornarem plantas fortes e resistentes. Pessoas que, quando o solo do coração está pedregoso, até recebem bem as sementes de vida lançadas em sua alma, mas ainda não estão preparadas para superar a forte luz e o calor da verdade. Pessoas que estão com o coração cheio de pedras consequentemente possuem pouca terra fértil e as raízes do amor não conseguem se firmar e sugar a nutrição necessária para que a planta nascida da semente da verdade cresça forte e frutifique.


Um coração pedregoso significa um coração duro, inflexível, cheio de verdades próprias, soberbo e sem humildade. Interessante falar sobre humildade, pois esta palavra tem sua origem no grego antigo, e sua fonte foge um pouco do conceito que temos do termo. A palavra que originou “humildade” foi a grega humus, que significa “terra”. Este mesmo vocábulo da antiga Grécia também deu origem às palavras “homem” e “humanidade”. Significando primeiramente “terra fértil” e “criatura nascida da terra”, se desenvolveu até ter o significado que conhecemos hoje. “Humilde“, obviamente tem a mesma origem em
humus, e vem do grego humilis, que significava literalmente “aquele/aquilo que fica no chão”.

Como está o seu coração neste momento? Você está enchendo seu coração mas com as duras pedras da arrogância ou com a fértil terra da humildade? Seu coração está ficando cheio de pesadas pedras da soberba ou se enchendo da leveza de terras aradas pela simplicidade e compaixão?

Ainda há tempo, escolha a excelência.


Cristiano R. Costa

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 23/11/2016 às 4:08






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.