Uma derrota não é o fim do caminho. é o meio

5min. de leitura

Uma derrota não é o fim do caminho. Todo vencedor foi antes um competidor que não desistiu.

Não! Não é fácil correr atrás do pão nosso de cada dia, quanto mais de um sonho grande e distante. Requer muita energia e força de vontade, porque geralmente chegar onde a gente quer nos leva a percorrer um caminho muito mais longo e difícil do que imaginávamos. Mas para a vida ter sentido é fundamental não desistir nunca, porque esse desejo de conquistar algo é, na verdade, o universo nos revelando nosso destino.



Por isso, para que sua missão nesse mundo se cumpra, você não pode deixar que esses 8 tipos de empecilhos façam você parar no meio do caminho:

 1. Obstáculos

Não importa quantos obstáculos existam a sua frente. Eles estão ali para serem superados. Você pode! Se precisar, prepare-se para eles, mas não desista. Vença cada um como se fosse único. E quanto mais dificuldades você superar, mas emocionante e valorosa será a sua vitória.


2. Cansaço Físico

Às vezes, nosso corpo pede um tempo. Viramos noites, treinamos demais. Às vezes, trabalhamos mais de 16 horas por dia. Não há ser humano que resista a uma sobrecarga tão grande. Mas é apenas um período que logo passa. A maré acalma e você poderá velejar em paz e feliz. Não se entregue.


3. Pessoas

Muitas pessoas vão desencorajá-lo (a) a seguir seus sonhos. Dirão que é muito difícil, que levará muito tempo. Outras, ao invés de ajudar, criarão dificuldades e tentarão impedir que você siga adiante. E existem aquelas que podem lhe dar uma rasteira, mesmo. Use-as como estímulo para nunca desistir. A vitória terá um gostinho mais especial quando tiver de encará-las.



4. Eventos opostos

Você deixou o porto com um dia lindo e logo o tempo vira, o vento sopra ao contrário, as ondas levam o barco em direção oposta e o leme quebrou. Não desista! Faz parte! Espere a tempestade passar e retome seu rumo sem perder o ânimo. Você tem a vida inteira para chegar lá. Aproveite o caminho.


5. O impossível

Você quer ir onde ninguém chegou. Criar algo que nunca foi pensado. Achar a cura para uma doença. Morar do outro lado do mundo. Não importa o que seja, se você deseja algo e existe um meio, é possível sim. “Sem saber que era impossível, ele foi lá e fez”


6. Exaustão emocional

Às vezes, a gente cansa de lutar. É muito sofrimento. A gente se frustra, sente-se um nada por perder mais uma batalha. A vontade é de jogar tudo para o alto e desistir. Escolher a opção mais cômoda e pacata não exige muito da gente, mas também nos deixa mortos em vida. Quando estiver destruído emocionalmente, dê-se um tempo para se recuperar sem jamais perder sua fé.



7. Tempo que vai levar

Não importa o quanto vai demorar para conquistar seu sonho, o tempo vai passar de qualquer forma. Melhor morrer tentando do que desperdiçar uma vida na infelicidade.


8. Injustiças do mundo

Você verá muita gente pegando um atalho que não requer caráter. Testemunhará também os piores levando a melhor na malandragem ou se corrompendo para ter aquilo que você luta arduamente para conseguir de forma honesta. Jamais acredite que você está no caminho errado porque é o mais difícil. Pessoas de índole duvidosa esquecem que o universo tudo vê.

A matemática não parece justa, porque para se alcançar apenas uma vitória, são necessárias dezenas de derrotas, mas quando a gente chega lá, entende que o peso dessa vitória dentro do coração é muito maior que todas as derrotas juntas.

E mesmo quando tudo estiver muito difícil ainda acredite em milagres. A vida tem um doce jeito de surpreender e nos levantar. É só persistir com seriedade e muita dedicação, melhor, devoção.

E, então, acredite que o universo sempre conspira a seu favor e o (a) conduzirá magistralmente até onde você quer e merece chegar!

_____________

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: rh2010 / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.