publicidade

A vida quer você sem filtros!

O filtro passou a ser a interpretação das coisas. Uma maneira muito nossa de ver a vida. Que o digam as imagens que postamos em nossas redes sociais. São as que julgamos melhores que estão lá para exibição pública. Já deixamos de compartilhar um momento que marcou porque a foto não estava do jeito que desejávamos.



As decisões diárias escorrem pelos nossos filtros. Se for para escolher, que seja o melhor emprego, não qualquer emprego. Se for para chegar em alguém, que seja na garota mais bonita da balada. E quantas vezes o filtro nos fez perder o papo com uma pessoa sensacional e divertida? Uma trapaça do filtro do olhar.

Queremos estar com os melhores amigos. Mas se são amigos, não são todos melhores? Não é para qualquer lugar que quero viajar. Em qualquer lugar que corro em uma manhã de sol. Não é qualquer coisa que me inspira ou me atrai.

A VIDA QUER VOCE SEM FILTROS - FOTO 01

Será que paramos pra perceber que a vida precisa sempre nos apresentar o melhor? Caso contrário, passamos o nosso filtro, ou melhor, o julgamento? A questão não é aceitar diariamente o mais ou menos, mas é transformar este mais ou menos.


Há uma insatisfação na alma por estarmos às vezes em algum lugar onde não queríamos estar, fazendo o que não nos move e desejando o que talvez em alguma escala da vida não nos pertence.

Filtramos a dor como se não nos coubesse sentí-la. Filtramos pessoas como se quiséssemos fugir delas, sem que nada tenham feito contra nós. Tentamos selecionar as ideias, as emoções, as palavras como se o improviso nos custasse muito. É cuidado demais com a nossa bagagem. Ela vai pesar de qualquer jeito ao longo do caminho.


Filtramos tantos sentimentos. Quantas vezes deixamos de sentir o que precisava ser sentido para depois deixar para lá? Nem tudo precisa ser lição de vida, de moral. Uma hora a gente cansa das lições. Porque com o tempo elas só vão se repetir. E sem filtros.

A VIDA QUER VOCE SEM FILTROS FOTO 02

A vida é intensa. Não precisa estar sendo passada a limpo o tempo todo como se tivéssemos sempre com um rascunho em mãos. Ela pode ficar vazia.

Sem aparências, sem maquiagens, sem máscaras. Filtros mascaram, inclusive, nossas próprias escolhas. Sem texto pronto, nem palavras ordenadas. Sem seleção de cenas. Deixa o filme rolar. Até os melhores planos e takes dão errado.

É, a vida tem se resumido aos nossos filtros. Tão subjetiva. Mas ela apenas é. Não o que gostaríamos que fosse. A gente só precisaria sentir e experimentar as coisas do jeito que elas são. Sem versões.

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.