5min. de leitura

Você quer se dar bem na vida? Desenvolva Inteligência Emocional

As pessoas que se conhecem, e sabem lidar com seus sentimentos e emoções, são as que obtêm sucesso. Elas desenvolveram a chamada Inteligência Emocional.


“A Inteligência Emocional é uma somatória de habilidades que tornam as pessoas capazes de administrar as pequenas e grandes adversidades que a vida impõe, de modo a aceitar e perceber as emoções e redirecioná-las para obter melhores resultados e relacionamentos.” Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional

“A capacidade de discernir e responder adequadamente aos estados de espírito, temperamentos, motivações e desejos de outras pessoas.” Goleman

Quem desenvolve essa inteligência é capaz de:

1. Conhecer as próprias emoções – ter autoconsciência, discernimento e autocompreensão.


2. Lidar com as próprias emoções – confortar-se, lidar com a ansiedade, tristeza, irritabilidade, fracassos, ou seja, ser resiliente.

3. Motivar-se – ter autocontrole para adiar a satisfação imediata e reprimir a impulsividade. É também a capacidade de entrar em fluxo (flow), ter produtividade e alta performance em tudo o que empreende.


4. Reconhecer as emoções dos outros – o seja, desenvolver empatia, ser altruísta e saber ouvir.

5. Lidar com os relacionamentos – desenvolver liderança e tranquilidade.

Existem várias outras Inteligências, como a QI, As Inteligências Múltiplas e a QS.

Inteligências Múltiplas

As novas descobertas científicas vêm questionando os métodos mais comuns de avaliar a capacidade humana. Para o psicólogo Howard Gardner, não existe apenas o QI (Quoeficiente de Inteligência), mas oito tipos diferentes que seriam:

Linguística: capacidade de sentir e captar o significado das palavras e funções da linguagem, facilidade para usar a linguagem de forma apropriada para transmitir ideias.

Lógico-matemática: que é a base dos testes de QI, é a capacidade de criar e entender padrões e fazer sistematizações.

Espacial: capacidade de criar no espaço, qualquer tipo de arte visual.

Corporal-cinestésica: capacidades motoras, utilizando o corpo, inclusive, como ferramenta para expressar sentimentos.

Intrapessoal: “é uma aptidão correlata, voltada para dentro, é uma capacidade de formar um modelo preciso, verídico, de si mesmo, e poder usá-lo para agir eficazmente na vida.” Goleman

Interpessoal: “é a capacidade de compreender outras pessoas: o que as motiva, como trabalham, como trabalhar cooperativamente com elas.” Goleman

Naturalista: capacidades de lidar melhor com a natureza, se relacionar com animais, plantas e meio ambiente.

Musical: sensibilidade que a pessoa tem para reconhecer e produzir notas musicais por meio de qualquer tipo de objeto.

Todos nós temos melhor desenvoltura em alguma dessas, mas o mais interessante é que temos a capacidade de aprender e desenvolver as demais.

QS – Inteligência Espiritual

Trata-se da análise e resolução de problemas de significados e valores, nossos atos e nossas vidas em um contexto mais amplo, determinando o curso de nossas ações. A QS é a base para a QI e QE e todas as múltiplas inteligências descritas por Gardner, são consideradas por DANAH ZOHAR, variações dessas três, que funcionam juntas e se complementam.

Nós seres humanos somos espirituais, e entendemos a existência dessa inteligência por meio das perguntas que nos fazemos: “Por que nasci? Qual o significado da vida? O que devo fazer para a vida valer a pena?”

Essas perguntas vêm da necessidade de sentido, nós desejamos em nosso íntimo, algo que possa nos inspirar, desejamos ser valorizados, ter apoio para o crescimento e transformação.

Essa inteligência compreende aspectos da alma, da imaginação, da análise e porquês das coisas, a força que nos move, mesmo diante das dificuldades, para superarmos os obstáculos.

Você tem dentro de si a capacidade de se perguntar: “Afinal, quero realmente estar nessa situação? Como criar uma realidade melhor?”

Dessa forma passamos a assumir o controle de nossas vidas e caminharmos para as realizações de nossos objetivos.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Amor: 123RF Imagens.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.