4min. de leitura

Você tem DEPRESSÃO SAZONAL? Confira aqui e seja mais saudável e feliz!

A depressão sazonal, ou transtorno afetivo sazonal, é muito mais comum do que a gente pensa.

A mais conhecida é a de inverno, mas pode também se manifestar nas outras estações e, também, quando ficamos muito tempo em ambientes que não têm muita luz.



Muitas pessoas apresentam alterações do sono, apetite, energia e humor ligados às estações do ano ou à luminosidade do dia.

Ainda não se sabe as causas exatas, mas a ciência já mostrou que certos hormônios desencadeiam alterações de comportamento em certas épocas do ano. Acredita-se que a depressão sazonal pode estar relacionada a essas mudanças hormonais. Há também relatos que essa depressão pode ser genética.

Uma das teorias é que menos luz solar durante o Outono e Inverno diminui serotonina, que funciona como regulador do humor.


A falta de luz prejudica o ritmo circadiano, que é o processo interno no cérebro que dita as alterações do funcionamento de nosso organismo durante as 24 horas do dia.

A diminuição da quantidade de luz também traz mudanças no nível de outro hormônio, a melatonina, o que pode contribuir para sentimentos de letargia, de fadiga, de tristeza e sensação de se sentir “para baixo”.


Veja quais os sintomas deste tipo de depressão:

  • Dormir demais ou dificuldade em despertar pela manhã.
  • Redução da produtividade do trabalho.
  • Aumento de apetite (vontade de comer carboidratos, chocolate e guloseimas de forma geral), e/ou ganho de peso.
  • Mudanças na energia e motivação: dificuldade de concentração, execução de tarefas rotineiras, isolamento social e diminuição da libido.
  • Mudanças no humor: irritabilidade, apatia, baixa autoestima, sensação de depressão, fadiga.
  • Piora da Tensão pré-menstrual.

Vamos refletir aqui sobre esse tipo de depressão e ver como evitar e como tratar:

Estas dicas são fundamentais. Com certeza, colocando em prática, você se afasta da possibilidade de desenvolver uma depressão sazonal.


Mas, ainda é importante reforçar a necessidade de mudar de crença a respeito de nós. Isso mesmo! Mudar nossa percepção de nós mesmos, das nossas capacidades, das nossas facilidades de lidar com mudanças e com rotinas.

Precisamos aprender a lidar com mudanças. As novas estações do ano são como novas situações em nossas vidas. Exigem adaptação ao clima, a novas roupas, ao tipo de lazer mais comum em cada ocasião, a novas rotinas.

As mudanças de estação implicam sempre alguma adaptação e, se já temos dificuldade em lidar com adaptações, claro que haverá uma piora.

Como prioridade devemos sempre nos conhecer melhor, saber o que nos faz bem, ou o que nos faz mal e, buscar superação, buscar mudança para melhor.

Assim, não ficamos reféns de alterar nossa química orgânica por causa de alterações nas nossas rotinas, na nossa vida.

Grande e carinhoso abraço!

Isabel


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo:  alenazamotaeva / 123RF Imagens

Você sabia que O Amor está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

* Matéria atualizada em 17/07/2018 às 7:32





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.