5 coisas que você ganha quando perdoa:

“Quando você mantém ressentimento em relação a outro, está ligado a essa pessoa ou condição por um elo emocional que é mais forte do que o aço. O perdão é a única maneira de dissolver esse vínculo e ficar livre.” ~ Catherine Ponder

Em meu primeiro ano de faculdade, minha melhor amiga do ensino médio cortou relações comigo. Do nada, ela simplesmente parou de falar comigo. Eu tentei muito nos reconectar, mas ela parou de responder e nunca me deu uma resposta do porquê.

Durante anos, foi a mais dolorosa decepção que eu tive na minha vida. Ainda é o meu pior “término”. E isso me perseguiu até que eu decidi perdoá-la. O perdão soou ridículo para mim no início, mas eventualmente, a dor de carregar o rancor pareceu mais pesada do que a tentativa de perdoá-la.

Eu ouvi um número de pessoas na minha vida, incluindo um dos meus professores de yoga, falar sobre o poder do perdão. Então, comecei a marinar sobre a ideia de perdoar minha ex-amiga. Fiquei curiosa sobre como seria a aceitação e o não-apego a alguém que realmente me magoou. Demorou meses para eu decidir que queria perdoar. Até que uma noite, eu estava pronta.

Eu escrevi uma mensagem e a enviei. Pedi desculpas pelo meu papel no colapso da nossa amizade, ofereci o meu perdão e desejei-lhe bem

. Eu dei a ela o melhor presente que pude: diminuir meu rancor. O que me surpreendeu foi o que eu ganhei no processo:

1.Espaço e silêncio

Perdoar nos dá o espaço e tranquilidade para investir em novas pessoas e ideias nutritivas. Uma vez que eu deixei ir, parei de girar a história em minha mente repetidamente. Minha mente simplesmente não precisava ficar mais pendurada na velha narrativa. Tinha espaço para pensar em novas coisas, em vez de reavivar as notícias de ontem.


2.Autocompaixão

Quando eu perdoei minha amiga, também fui capaz de me perdoar por alguns erros do passado. O perdão requer prática, como qualquer outra coisa. É como desenvolver um novo músculo. Se eu pudesse soltar minha maior dor, certamente poderia oferecer esse mesmo alívio para mim. Agora sou mais gentil comigo mesma quando cometo erros. Sei que oferecer-me compaixão e, em seguida, seguir em frente não é apenas possível, mas muito mais amoroso.


3.Confiar nos outros

Não vejo mais a amizade da mesma forma. Eu tenho mais fé nas pessoas em minha vida e entendo que as amizades terminam, e isso não é o fim do mundo. Eu vivo em meus relacionamentos mais presentemente. Eu não perco uma oportunidade de dizer às pessoas na minha vida o que elas significam para mim. Eu confio em meus amigos. Levei muito tempo para chegar lá, mas o perdão me devolveu essa capacidade de confiar nas pessoas ao meu redor. Ao deixar ir a amargura e cinismo, você também será mais capaz de confiar nos outros novamente.


4.Perspectiva

Quando eu criei as condições para o perdão e resolução, fui capaz de ver nossa relação claramente. Pude ver minha responsabilidade nos fatos. Pude ver que a dor era uma parte relativamente pequena de nosso relacionamento. A maior parte estava cheia de riso. Perdoar nos permite apreciar o bem, sem a lente do ressentimento.


5.Gratidão

Estou pessoalmente grata pelas memórias e o que aprendi com essa amizade. Sou grata por ter tido essa experiência e por toda a alegria que a amizade me trouxe. Eu cresci muito, e isso não teria sido possível sem o processo que passei. O perdão poliu a dor do meu coração, e agora tudo o que resta é gratidão. Eu também aprecio a preciosidade de minhas novas amizades e faço um maior esforço para alimentá-las ativamente. Nós sempre ganhamos algo, mesmo que não seja imediatamente óbvio. O perdão nos dá a oportunidade de reconhecer e apreciar isso.

___

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Tiny Buddha




Deixe seu comentário