A ditadura da beleza magra acabou! A moda agora é assumir as curvas!

Já passou da hora de incentivarmos todas as mulheres a se amarem e serem felizes do jeito que são, ao invés de prejudicarem sua saúde para que se encaixem em moldes que as fazem infelizes.

Vivemos em uma sociedade em que os padrões de beleza são muito definidos, especialmente para as mulheres. Se você não for magra, loira e com aparência de atriz de cinema, raramente sentir-se-á incluída em determinados grupos sociais e especialmente na mídia, que muitas vezes insiste em ignorar a grande variedade de beleza que existe no mundo, priorizando apenas a convencional.

Essa grande diferenciação que existe entre as mulheres pode ser muito cruel, e é a causa de condições como depressão, ansiedade, bulimia, anorexia e muitas outras. Muitas mulheres tentam se encaixar nos padrões, seja para conseguir aceitação, um bom trabalho ou até mesmo um relacionamento, e nessa busca se perdem de si mesmas, esquecendo-se de que o seu valor vai muito além de aparência, está na alma, nos valores e na maneira como escolhem viver suas vidas.

Felizmente, entramos em um momento em que há mais consciência sobre esse assunto.

Muitas mulheres estão lutando para haja mais respeito e oportunidades iguais para todas, independentemente de altura, cor de cabelo, peso ou maneiras de viver a vida.

Essas mulheres sempre têm uma palavra positiva para aquelas ao seu redor, e mostram que beleza não tem nada a ver com os padrões que nos são impostos, mas sim com essência, amor e respeito.

Essas mudanças estão chegando até mesmo à indústria da moda, que é uma das mais cruéis com aquelas que não se encaixam no padrão. A busca por igualdade chegou até as Semanas de Moda espalhadas pelo mundo, que agora apresentam mais modelos curvilíneas, mostrando-nos que a ditadura da magreza está perdendo a força e que a moda é para todas.

A Rede Record fez uma matéria muito legal,  há algum tempo, sobre as novas modelos, que são exemplos dentro e fora das passarelas. Assista à reportagem abaixo:

Interessante, não é?! Já passou da hora de incentivarmos todas as mulheres a se amarem e serem felizes do jeito que são, ao invés de prejudicarem sua saúde para que se encaixem moldes que as fazem infelizes.

Sem mais ditadura da magreza. Todas as mulheres são lindas e brilham exatamente como são!


Direitos autorais da imagem de capa: Modelo Kelsey Olson.




Deixe seu comentário