Comportamento

A hora certa para uma mulher se apaixonar é quando ela quiser. O amor não tem idade!

A hora certa para uma mulher se apaixonar é quando ela quiser O amor não tem idade

Toda mulher tem o direito de amar quando e quem ela bem entender, sem se preocupar com o que as pessoas vão pensar.



Os críticos de plantão adoram julgar as mulheres que decidem dar uma nova chance para o amor “tarde”. Do ponto de vista deles, uma mulher deve se casar e permanecer ao lado daquele mesmo homem para o resto da vida. E se, por acaso, elas se separarem, devem continuar sozinhas, como se tivessem perdido o direito de se apaixonar e viver esse sentimento tão intenso.

Na opinião deles, é uma vergonha uma mulher decidir dar nova chance para o seu coração e se apaixonar aos 40, 50, 60 anos. Você já deve ter notado, muitas vezes, os próprios filhos não aceitarem que suas mães “mais velhas” comecem novos relacionamentos.

Eles alegam que pensam dessa forma por ciúme, mas em boa parte das vezes estão reproduzindo um machismo que nem eles mesmo percebem. O fato é que nunca é tarde para ninguém amar, incluindo as mulheres.


Todas elas devem se apaixonar quantas vezes quiserem ao longo da vida, assim como os homens, os jovens e qualquer outra pessoa.

Devemos parar de reproduzir essa ideia de que uma mulher deve passar o resto da vida sozinha, depois que o seu casamento ou qualquer outro relacionamento a longo prazo termina.

É injusto querer que elas guardem “castidade” enquanto seu ex-maridos seguem por aí, aventurando-se com várias mulheres. A sociedade aceita mais facilmente um homem maduro com uma namorada mais nova do que uma mulher mais velha com um novo namorado.

Esse é um claro reflexo da descriminação que as mulheres, infelizmente, sofrem em nossa sociedade. Devemos não só parar de reproduzir tais comportamentos, como também repreender quem age dessa forma.


Não é correto querer cercear o direito de uma mulher ser livre e feliz da forma como ela bem entender, seja em sua vida cotidiana ou no amor. A melhor idade para uma mulher se apaixonar é quando ela quiser. Ainda mais quando ela é independente, trabalhadora e já criou seus filhos, por exemplo.

Não há nada capaz de impedi-la de sentir, novamente, aquele friozinho na barriga, quando a paixão parece querer nascer novamente em seu peito.

Não há por que julgar essa mulher quando ela redescobre a arte da paquera, das cantadas, da conquista.

Ninguém tem o direito de dizer a uma mulher quando ela deve ou não amar, afinal a vida é dela e ela sabe muito bem o que faz.


Dê um passo de cada vez, Jesus é contigo e fará seus esforços valerem a pena!

Artigo Anterior

5 signos que estão destinados a mudar de vida neste mês!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.