publicidade

A libertação das mulheres aos 50 anos. Elas aproveitam a vida melhor do que antes!

Seu poder, segurança, maturidade e amor-próprio estão mais elevados do que nunca!



Ser mulher aos 50 antigamente era considerado por muitos um pesar. Atualmente, chegar a essa altura da vida é sinônimo de imponência e maturidade, sem ligar para as cobranças acerca de sua aparência. As representantes dessa idade não são mais deixadas de lado, muito menos jogadas na invisibilidade. São vistas, chamam a atenção e são admiradas.

A experiência que a vida proporciona a essas mulheres faz com que elas sejam detentoras de uma confiança inigualável. Converse com uma mulher madura e veja como a energia é diferente. Elas exalam segurança. A fala é firme, elegante e educada. São versáteis e criativas.

Depois de cinco décadas, a bagagem emocional delas coloca a de muitos homens no chinelo. Já não estão mais preocupadas em agradar a todo mundo, entendem que possuem sim o direito de envelhecer da maneira que quiserem e dão uma bela lição de amor-próprio.

Precisamos entender que envelhecer não é crime e que não se pode ter vergonha da maturidade. Uma mulher de 50 já compreendeu que é livre. Está exausta de uma cobrança que não a beneficia.

Idade não define personalidade, não define humor, não define jovialidade. Estar em paz com o espelho, gostar da maneira que é fazem a tensão sumir, o peso se esvai, dando lugar à segurança, ao vigor, ao brilho e à iluminação.


Elas são livres para fazer o que quiserem e estar onde quiserem. Já não se abalam mais com certos comentários. Entenderam que não há regras para a felicidade. São autossuficientes, e isso é uma conquista maravilhosa!

A delícia de ser quem é de verdade, de brincar, rir, se divertir, sem se preocupar com o que as outras pessoas pensam é fator comum para as representantes dessa idade tão incrível. O foco mudou, antes essas mulheres se dedicavam aos outros, agora elas se dedicam a si mesmas.


Além de todas as qualidades que já pontuamos, a sabedoria é mais uma que colecionam. Mesmo com todas as mudanças hormonais acontecendo, essas mulheres desabrocharam para a vida.

Não ficam mais perturbadas para se encaixar no irreal padrão de beleza, elas se aceitam como são e quem não fizer o mesmo não é digno de estar ao seu lado.

É um privilégio conviver com mulheres maduras. Elas resplandecem o ambiente, são modelos de força e clareza, e o mais importante: se bastam!

E você? Conhece alguma mulher assim? Conte-nos, sua opinião nos motiva.

Compartilhe o texto em suas redes sociais!

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.