Comportamento

Ao tentar espionar vizinho, mulher fica com a cabeça presa por 5 horas a portão!

Capa Ao tentar espionar vizinho mulher fica com a cabeca presa por 5 horas em seu portao

A senhora, cuja identidade não foi revelada, passou o maior sufoco, precisando da ajuda dos bombeiros para se soltar da grade.



A curiosidade é inerente à maioria das pessoas. Num contexto de evolução, o ser humano conseguiu se tornar muito inteligente e ficar no topo por conta de seus questionamentos sobre tudo que o rodeia. Por esse grande interesse pelas coisas, é que os estudos ficam cada vez mais aprimorados.

Essa curiosidade é benéfica, pois gera um movimento, no qual coisas importantes não ficam estagnadas. A cada dia, novidades são descobertas, tecnologias são criadas e conhecimentos difundidos, ajudando a humanidade a caminhar.

Sabemos que não é de bom tom assuntar o que acontece com os outros, principalmente se a pessoa faz questão de manter sua vida de forma privada. É desrespeitoso, e se a fofoca é polêmica, envolvendo a honra e honestidade da pessoa, pior ainda, se for passada a diante.


Esse caso aconteceu numa cidade da Colômbia, La Virginia.

Uma mulher extremamente curiosa acabou se dando mal ao bisbilhotar a vida alheia e prendeu sua cabeça à grade do portão da casa do vizinho. O intuito era olhar o que acontecia no interior da casa, para descobrir se o morador estava no local.

2 Ao tentar espionar vizinho mulher fica com a cabeca presa por 5 horas em seu portao

Direitos autorais: reprodução Facebook/Rádio La Roca FM 103.9.

Porém não conseguiu desprender a cabeça das barras de ferro, por isso precisou de ajuda. Ela ficou por cerca de cinco horas ali, até que alguém a viu e chamou socorro. O portal de notícias Radio La Roca FM 103.9 compartilhou a cena inusitada e um tanto engraçada.


Com ajuda dos bombeiros, o martírio dessa senhora “fofoqueira” enfim acabou. Não temos como saber se ela aprendeu com a lição, mas com toda certeza a situação foi constrangedora.

Não há como saber quais suas motivações para o fato, mas o registro dá a entender que a recompensa por ser curioso nem sempre é boa!

Não podemos considerar a curiosidade com a vida alheia como algo bom. Pelo contrário, acaba se tornando fofoca, o que é um traço bem irritante, pois nada mais é do que uma invasão de privacidade e falta de respeito. Aprender a respeitar o espaço do outro é crucial para se conviver em sociedade.

O que achou desse caso? Conhece alguma pessoa tão curiosa assim?


Comente e compartilhe este texto com seus amigos!

Depois de perder emprego e casa, jovens são acolhidos por casal desconhecido: “São seres humanos!”

Artigo Anterior

Mãe só permite à sogra fumante pegar seu bebê depois de tomar banho e trocar de roupas

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.