Comportamento

Aos 71 anos, Sônia Braga exalta beleza dos cabelos brancos: “Símbolo de liberdade”

Ao assumir o cabelo grisalho, a atriz disse que se sente liberta e sua decisão foi por causa de um personagem. Com isso, está promovendo a autoaceitação da mulher madura!



Embora a pressão estética venha diminuindo com o passar do tempo, ela ainda está presente em alguns contextos, principalmente para a mulher. Aquela ideia de que a beleza é apenas na juventude está caindo por terra, mas se livrar das amarras de um passado cheio de regras não é uma tarefa tão fácil.

A indústria da beleza quer ainda empurrar que a imagem perfeita existe, e isso toda mulher consegue através de intervenções invasivas ou não. Procedimentos estéticos, cirúrgicos, ou até o mais simples de todos – tinturar os cabelos – podem ser considerados resquícios do padrão estético.

Não há nada de errado em optar por esses procedimentos. É uma questão de escolha. O que algumas mulheres estão fazendo nada mais é do que quebrar esses padrões para mostrar que o belo também envelhece, e não há feiura nisso.


As celebridades sempre aparecem da forma mais glamurosa possível. Com belas roupas, cabelos impecáveis e maquiagens, em todos os eventos estão magníficas. Nos filmes e seriados também e, mesmo não querendo, passam uma imagem de perfeição e sofisticação.

Mas a vida real não é assim. E até as atrizes, que vivem na mídia, trabalhando com sua imagem, já começaram a se mostrar de forma mais natural. A beleza precisa ser vista como algo do dia a dia, não uma superprodução de filmes e novelas.

Diante disso, quando vemos mulheres renomadas mostrando que são “gente como a gente”, fica mais palpável a sensação de que a beleza é simples. E isso é evidenciado quando uma grande personalidade famosa adere aos cabelos brancos.

Sônia Braga é uma atriz renomada, conhecida tanto no Brasil quanto no exterior. Hoje ela tem sua vida nos Estados Unidos e participa de grandes produções por lá. Atrai atenção sempre por onde passa, e agora, aos 71 anos recém-completados, mostra ainda mais sua beleza, assumindo de vez os cabelos brancos.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@insonbra

Direitos autorais: reprodução Instagram/@insonbra

Direitos autorais: reprodução Instagram/@insonbra

Direitos autorais: reprodução Instagram/@insonbra


A atriz falou à revista Quem sobre o momento icônico de surgir no tapete vermelho do Festival de Cinema de Gramado com as madeixas completamente grisalhas.

Ela explicou que precisou descolorir os fios para fazer o filme Bacurau, sucesso que levou vários prêmios da indústria cinematográfica. No longa-metragem, a personagem de Sônia aparece apenas com a raiz dos cabelos branca, mas depois que acabaram as gravações, deixou crescer desse jeito. Relatou que, para ela, isso era símbolo de liberdade, então deu adeus aos fios pretos.

Pode parecer pouca coisa, mas quando uma mulher que sempre trabalhou com a beleza e todos os padrões que ela impõe, aparece desconstruindo essa imagem de “perfeição”, faz com que centenas de outras mulheres se libertem e aceitem que a idade não precisa ser mascarada o tempo todo!

 


“Este período também é difícil.” Mãe desabafa sobre preocupação com filhos adultos

Artigo Anterior

Uma mãe não nasce pronta. Não existe manual de como ser uma mãe-maravilha

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.