publicidade

Após 39 dias internado com Covid-19, homem pede a namorada em casamento ao deixar hospital em Luziânia

Mecânico pediu ajuda às enfermeiras para fazer o pedido surpresa, que contou até com buquê. Noiva relata que ele teve 75% dos pulmões comprometidos e superou uma infecção generalizada: ‘Milagre de Deus’.



O mecânico industrial Júlio Camargo, de 38 anos, surpreendeu a namorada, Fabiana Fernandes, de 43 anos, com um pedido de casamento após ficar 39 dias internado por causa de complicações da Covid-19, no Hospital Regional de Luziânia.

Apesar de ainda estar debilitado e com dificuldade para falar, o mecânico industrial escreveu o pedido em um cartaz e não deixou o romantismo de lado.

Com a ajuda dos funcionários do hospital, Júlio pediu a mão de Fabiana em casamento, no último domingo (7), com direito a buquê e muita emoção – sobretudo em relação à noiva, que não conteve as lágrimas (veja o vídeo abaixo).


“Eu fiquei muito surpresa. Realmente não esperava. Estávamos conversando apenas por videochamada nesse tempo”, contou Fabiana.

Júlio disse que decidiu pedir Fabiana em casamento durante uma das noites no hospital, quando ele pensava na relação dos dois. Após concluir que estava na hora de assumir um compromisso maior, ele conversou com as enfermeiras para o ajudarem a arquitetar o pedido.


Planos

Fabiana, que reside em Anápolis, contou que o noivo, morador de Jaraguá, era amigo dos seus primos e que ele diz que se encantou por ela assim que a conheceu. Quando a analista de sistemas ganhou um prêmio da empresa em que trabalhava, ele aproveitou o momento para parabenizá-la e puxar assunto. Em junho de 2017, o romance se desenrolou.

Direitos autorais: Reprodução/Arquivo Pessoal

Por enquanto, o casamento segue sem data marcada, pois Fabiana ressaltou que o foco agora é a recuperação de Júlio. Ela contou que ele deu entrada em um hospital de Jaraguá no dia 27 de janeiro, logo depois, foi transferido para a unidade de Luziânia, quando o quadro se agravou.

“A Covid afetou 75% dos pulmões dele, depois os rins paralisaram. Ele ficou 25 dias na UTI e adquiriu uma infecção generalizada. Perdeu muita massa muscular, por isso, está fraco. O Júlio foi um milagre de Deus”, disse.

“Depois que tudo passou, que ele melhorou, a médica veio conversar comigo e disse que não entendia como [ele se recuperou], porque na quarta-feira ela foi embora e olhou para trás e pensou que ele não amanheceria. Foram as minhas orações, as orações da família dele, dos amigos, dos familiares, todo mundo entrou em oração”, acrescentou a analista de sistemas.

Fabiana explica que o noivo ainda tem dificuldade para se movimentar e falar. Por isto, terá de passar por fisioterapia. “Ele ainda precisa fazer a reabilitação para voltar a andar”, completou.

 

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.