4min. de leitura

As pessoas sempre mostram quem são, somos nós quem não captamos os sinais

De uma maneira geral, não somos muito bons em lidar com decepções. Temos uma grande dificuldade em acreditar que as pessoas que estão ao nosso redor são capazes de nos magoar, de querer o nosso mal ou de tornar nossas vidas mais complicadas. Queremos sempre acreditar no bem, e é por isso que muitas vezes acabamos sofrendo tantos baques da vida, especialmente das pessoas que consideramos mais especiais para nós.


Por mais que a nossa primeira atitude seja culpar aqueles ao nosso redor quando sofremos decepções, a verdade é que, na maioria das vezes, não é a outra pessoa que está nos enganando, somos nós mesmos.

Criamos muitas expectativas baseadas em idealizações, e quando descobrimos que as pessoas nem sempre são aquilo que imaginamos, nossos corações ficam partidos. No entanto, essa é uma responsabilidade nossa, porque ninguém é obrigado a ser a personificação de nossos parceiros ideais.

As pessoas são quem são e demonstram isso através de seus olhares, palavras, energias, atitudes e vibrações. Ninguém muda da noite para o dia, portanto, quando nos decepcionamos com alguém, foi porque provavelmente não soubemos interpretar os seus sinais corretamente.

Ao invés de sermos guiados pela realidade, nós nos perdemos em perfis que criamos em nossas próprias mentes, que tornam algumas pessoas piores e outras melhores, e essa realidade inventada é o que, na maioria das vezes, nos magoa e nos decepciona.


As pessoas estão constantemente nos mostrando quem são, através de suas atitudes, e aprender a deixar as ilusões de lado e focar nessa realidade é o primeiro passo para evoluir a própria percepção e enxergar a realidade com mais consciência.

Sim, algumas vezes seremos magoados, isso faz parte da vida, mas existem algumas coisas muito importantes que podemos fazer para evitar dores desnecessárias: aprender a não esperar nada de ninguém, não criar expectativas e não colocar a nossa felicidade e realização nas mãos de outras pessoas.


Quando aprendemos a depender mais de nós mesmos e menos dos outros, sofremos menos e evoluímos muito mais rápido.

Quando respeitamos o jeito de ser de cada um e não tentamos impor nossas próprias vontades e expectativas, nós nos tornamos mais sábios, maduros e enxergamos o mundo como realmente é, libertando-nos de nossas próprias limitações.

Ao enxergamos o outro de maneira real, aprendemos mais sobre o mundo, sobre nós mesmos e recebemos lições valiosas de amor, compreensão, empatia e respeito. Só temos a ganhar abandonando nossas fantasias e aceitando a realidade!

Muitas vezes, as pessoas não são como esperamos, mas nos surpreendem por serem ainda melhores!

Entretanto, para que possamos viver esses momentos tão especiais, precisamos viver no mundo real. A realidade, mesmo com suas decepções, ainda será melhor do que uma fantasia perfeita, mas que não nos leva para frente.


Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação desse material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.


Direitos autorais da imagem de capa: Grish Stern/Pexels.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.