publicidade

Avós não devem ser obrigados a cuidar dos netos. A responsabilidade do cuidado é dos pais!

A função de atribuir limites e educar os filhos precisa ser dos pais. Transferir esse dever para os avós ocasiona-lhes sobrecarga e um cansaço desnecessário.



Os avós são um complemento na vida da criança. Possuem importância altíssima, pois o elo entre eles e os netos perduram para sempre. São mais pacientes, tranquilos, possuem sabedoria ímpar e os abençoam com a leveza de quem tem muito afeto para distribuir.

Proporcionam aos netos todos os benefícios possíveis de uma relação harmoniosa. O contato constante com a rotina das crianças causa efeitos positivos na mente delas, devido ao amor, apoio e ensinamento que os mais velhos oferecem.

Porém essa leveza e tranquilidade só existem porque os avós não são os responsáveis pela educação dos netos. Já criaram os filhos, passaram por diversas situações. Por esse motivo, é fácil o convívio.

Ultimamente, o que vem acontecendo é uma inversão de valores, em que os pais estão entregando seus filhos para os avós criarem, transformando sua casa num berçário.

Pais que se eximem desse importante papel causam um problema grande. A velhice é a etapa da vida que precisa ser passada com tranquilidade, pois é o momento de aproveitar os frutos de uma jornada exaustiva. Trabalharam durante décadas, nada mais justo do que descansarem.


Mas o descanso não vem. Avós acabam absorvendo a função de cuidar em tempo integral de seus netos, enquanto seus filhos acreditam que essa é uma obrigação deles, já que estão velhos.

Entendam que não achamos errado tampouco condenamos a ajuda que os avós dão às famílias, o transtorno está justamente no excesso. A função que lhes é imposta faz com que sejam obrigados a limpar, cozinhar e educar essas crianças, enquanto o correto seria apenas passarem um tempo com eles.


Esse pensamento de que idosos não têm nada a fazer ou têm tempo livre demais é errado. Trabalhar nessa idade não é saudável mais, por esses e outros motivos existem benefícios como a aposentadoria. Sobrecarregar uma avó pode fazer com que ela se culpe por não conseguir aliar as tarefas, sua autoestima diminuirá e o desânimo logo tomará conta dela.

Mesmo que escolham “não fazer nada”, estão no direito deles. O tempo livre é para ser usado da forma como bem entenderem. Sabemos que ajuda sempre é bem-vinda, mas é preciso ter bom senso para não errar a mão e exagerar nos favores.

Portanto, é necessário que os filhos coloquem a mão na consciência e percebam que o dever deles é facilitar a vida da mãe e do pai, e não lhes atribuir mais responsabilidades. Avós não podem ser tratados como escravos.

E você? Qual sua opinião sobre o assunto?

Comente e compartilhe este texto em suas redes sociais!

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.