Comportamento

Carolina Herrera – 10 dicas e conselhos para se tornar uma mulher elegante e poderosa. Vale a pena ler!

capa site Carolina Herrera x dicas e conselhos para se tornar uma mulher elegante e poderosa Vale a pena ler

Uma das maiores estilistas do mundo resolveu oferecer algumas dicas para que as mulheres também possam arrasar!

A moda é uma das áreas que mais causam dúvidas e até mesmo indagações sem fim quando o assunto é tentar aplicar as referências em nosso dia a dia. São inúmeros os desfiles em que as roupas apresentadas seriam impossíveis de se colocar na realidade da população. Mas alguns estilistas preferem apostar em versões que possam facilmente ser inseridas na vida de qualquer pessoa do mundo, principalmente as mais elegantes.

Eleita uma das mulheres mais bem-vestidas do mundo, além de uma das mais influentes estilistas da atualidade, Carolina Herrera, de 83 anos, é uma das profissionais que defendem a elegância e a feminilidade da mulher, principalmente depois dos 50. Depois de vestir pessoas da mais alta elite a artistas e outros profissionais famosos e influentes, ela decidiu dar alguns conselhos para aquelas pessoas que estão em busca de uma mudança na postura e nas roupas.

Nascida em 1939, Carolina Herrera é uma das profissionais que defendem que as mulheres devem envelhecer com elegância, descartando peças que usaram quando jovens e mudando até a aparência depois dos 50 anos. A venezuelana ofereceu dez dicas para aquelas que sentem vontade de ser elegantes e poderosas em entrevista ao tabloide britânico Daily Mail. Confira!

1. Não tenha medo de envelhecer

Para a estilista, nem é a idade que envelhece a mulher, mas ela fingir que ainda é jovem, tentando aparentar uma idade que não possui. A mulher precisa aceitar a idade e envelhecer graciosamente, porque isso não torna uma mulher feia e ultrapassada, mas bonita e elegante.

2. Não é preciso ser rica para ser elegante

Carolina é uma das maiores defensoras das peças-chave, ou seja, peças que podem ser consideradas coringas em um guarda-roupas. A estilista quase nunca dispensa uma camisa branca, combinando-a com diversos elementos que podem enriquecer ainda mais o visual, como acessórios e uma boa calça de alfaiataria. Por isso, invista em roupas que possam ser usadas de diferentes maneiras, mas que sejam também clássicas e atemporais. Também defende a compra em lojas de departamento, pois não é a marca que faz a elegância, mas como se combina e usa a roupa.

3. Menos é mais

Seguindo a ideia anterior, não perca tempo exagerando em acessórios ou peças de roupa que não são práticas. Aposte no simples e no básico, sempre em busca de feminilidade e equilíbrio, lembrando que a elegância é algo que irradia da mulher, e que alguns complementos apenas ajudam no resultado. Além disso, ao mesmo tempo que os acessórios são importantes peças para melhorar o visual, podem facilmente ser motivo de terror, se colocados de maneira aleatória e em excesso. A simplicidade pode ser uma das maiores manifestações de elegância.

4.Tenha confiança em si mesma e na sua personalidade

Buscar referências no mundo da moda é extremamente importante para todas aquelas pessoas que querem se vestir de maneira impactante, atemporal e engajada com as novidades. Mas nunca podemos, de acordo com a estilista, deixar que nossa personalidade seja ofuscada, é preciso confiança naquilo que somos e buscar alternativas para que as roupas adquiram esse nosso formato e forma de expressão. Lembre-se que a elegância é fruto de uma construção em que a autoconfiança é uma das principais armas.

5. Equilíbrio na maquiagem

Para Herrera, é preciso equilibrar os olhos com os lábios, buscando enaltecer e destacar aquilo que se deseja naquela ocasião, mas sem exageros. Apostar em rosa, vermelho e tons de nude para os lábios, de acordo com a estilista, é como caminhar com uma carta sempre na manga, sabendo que dificilmente incidirá no erro.

6. Os cabelos são importantes na composição do look

Sim, Carolina Herrera defende que é preciso empregar um tempo cuidando também da aparência dos cabelos. De acordo com a empresária, depois dos 50 anos, apostar em cortes mais curtos pode conferir elegância. Ela também revelou, em entrevista para a Harper’s Bazaar, que admira muito os fios grisalhos nas mulheres, o que significa que, dependendo de sua personalidade e do que você busca, não necessariamente é preciso pintar os cabelos. Se eles forem curtos, é válido lembrar que é possível fazer penteados para que eles não fiquem sempre iguais, conferindo uma composição mais arrumada em algumas ocasiões.

7. Use mangas para emoldurar o rosto

De acordo com a estilista, as mangas das roupas são capazes de fazer com que o rosto da mulher seja o protagonista, conferindo também um pouco de emoção ao visual. Inclusive, ela acredita que, dependendo do evento, vale mais apostar na parte de cima do look do que na parte de baixo, como em jantares, por exemplo, já que todos os elementos da parte de baixo ficam escondidos depois que nos sentamos à mesa.

8. Não revele demais

O mistério faz parte da essência feminina, de acordo com a empresária, por isso nunca mostre muito a pele, deixando algo “para a imaginação” de todos os presentes. Isso não significa que deva abandonar decotes ou saias e vestidos, mas buscar certo equilíbrio na quantidade de pele que revela aos outros. Minissaia e biquínis, por exemplo, são peças de roupa que devem aparecer mais em guarda-roupas de jovens.

9. Não se esconda atrás do preto

Carolina Herrera acredita que o preto é um ponto de refúgio para as mulheres que têm medo de ousar, e que essa é uma cor que não deve ser usada com frequência durante o dia. Apostar em peças coloridas ou na camisa branca é uma forma de deixar de empregar um visual tão “desgastante”, como se vestisse uniforme.

10. Cuide da pele do corpo e do rosto

Uma aparência “limpa e fresca” faz parte da composição da elegância, e por isso ela acredita que adotar algumas intervenções ou procedimentos estéticos podem ser uma opção, mas apenas para aquelas que os desejam. Carolina enfatiza que não existe necessidade alguma de aplicar botox, por exemplo, mas que as mulheres também não precisam esconder se o desejarem. O importante é encontrar produtos de beleza que se adequem à sua pele, usar protetor solar com frequência e não abusar de coberturas na maquiagem que dão uma aparência carregada.

A estilista acredita que as mulheres não precisam se tornar reféns da moda, devem vestir aquilo que acham bonito, que combina com sua aparência e personalidade. Caso exista alguma dúvida, orienta ela, é preciso perguntar a uma pessoa de confiança sua opinião, alguém que seja capaz de lhe dizer a verdade sobre como está. Invista em um espelho de corpo inteiro também, dessa forma será mais simples analisar o visual, o que falta ou o que está sobrando na composição.

Sem timidez ou sem ser vítima da moda, não é preciso gastar muito dinheiro para ser elegante nem mesmo se vestir de maneira “antiga” ou “ultrapassada”, use aquilo que faz você se sentir bem e abrace a própria personalidade. Depois de certa idade, de acordo com Carolina Herrera, não é preciso mais perder tempo com timidez.

Imagem de capa licenciada para o site O Amor: Depositphotos

0 %