Comportamento

Casal negro sofre ataques na internet após nascimento de filho branco: “Mostrem o DNA”

4 capa Casal negro sofre ataques na internet apos nascimento de filho branco Mostrem o DNA

Desde que o filho nasceu, o casal vem recebendo comentários racistas em seus perfis das redes sociais, colocando em xeque a paternidade de Marcos.



Desde que teve a felicidade de assistir ao nascimento de seu filho e publicou a foto em seu perfil, o pastor Marcos Davis Moreira de Oliveira, de 30 anos, vem sofrendo ataques nas redes sociais de pessoas anônimas e desconhecidas questionando a cor da pele do bebê.

Os episódios de racismo e injúria racial têm acontecido desde agosto, quando ele e sua esposa, a cantora Débora Davis, de 25 anos, foram a público para expor os comentários que têm recebido. Muitas pessoas dão a entender que existe “algo errado”, já que os pais são negros e o bebê nasceu com a pele branca.

Acreditando que os ataques cessariam depois de aparecer na mídia, o casal continuou recebendo as mais diversas ofensas, e decidiu processar os perfis responsáveis pelos comentários racistas.


Marcos e Débora moram em Goiânia, capital de Goiás, e explicam em publicação do Instagram que já abriram uma ocorrência e instauraram um inquérito com o “Grupo Especializado no Atendimento à Vítima de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância de Goiás”.

O casal optou por dar andamento ao processo quando percebeu que os ataques não parariam – muitos usuários pediam que mostrasse o DNA da criança publicamente. Foi necessário reunir todas as capturas de tela dos comentários, inserindo o link para cada um dos perfis envolvidos.

4 2 Casal negro sofre ataques na internet apos nascimento de filho branco Mostrem o DNA

Direitos autorais: reprodução Instagram/@marcosdavisoficial.

Marcos explica que a Polícia Civil agora vai investigar o caso, mas que não sabe ao certo quanto tempo vão durar as investigações. Mesmo assim os pais confiam que os oficiais possuem todos os instrumentos para resolver essa situação da melhor maneira possível, auxiliando-os a voltar a utilizar os perfis sem que precisem sofrer nenhum tipo de desgaste emocional.


O casal pensou em desativar as redes sociais, mas preferiu não o fazer, já que milhares de pessoas “são edificadas através das publicações”. Ambos afirmam que não era justo com os seguidores fiéis e que a melhor decisão era não os privar do que produzem apenas porque uma minoria de usuários tinha optado por proferir comentários racistas.

4 3 Casal negro sofre ataques na internet apos nascimento de filho branco Mostrem o DNA

Direitos autorais: reprodução Instagram/@marcosdavisoficial.

Mas além do desgaste que sofreram, o pai revela que muitas pessoas mandaram mensagens de apoio, relatando experiências similares de indivíduos que precisam lidar até hoje com a depressão e alguns transtornos mentais que tiveram origem justamente no discurso de ódio e nas injúrias raciais. Marcos, em sua publicação, alegou que a atitude é “inescrupulosa, inaceitável e desumana”, que preferem julgar e atacar a “estudar biologia ou analisar um pouco mais as pessoas”.


As mulheres destes 5 signos são extraordinárias! Não aceitam menos do que merecem!

Artigo Anterior

Bispo abandona a Igreja para se relacionar com escritora de contos eróticos

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.